Questões na prática

Pediatria

Otorrinolaringologia

Doenças Respiratórias

São fatores de risco para otite média aguda:

A
Obstrução nasal baixa, baixa renda familiar e casa com baixa insolação.
B
Idade acima de 3 anos, frequentar creches e baixa renda familiar.
C
Aleitamento em decúbito horizontal, rinofaringite aguda atual e casa com baixa insolação.
D
Obstrução nasal crônica, idade acima de 3 anos, promiscuidade ambiental.
E
Rinofaringite aguda atual, aleitamento em decúbito horizontal e frequentar creches.
Menino, 7 anos de idade, compareceu à emergência com queixa de dor no joelho esquerdo e febre há 2 dias. Ao exame: apresenta edema difuso em joelho esquerdo e não consegue apoiar esse membro no chão. Refere dor à palpação da metáfise distal do fêmur, sem derrame articular e a sua temperatura é de 38,5°C. A radiografia mostra edema de partes moles na região do joelho. O diagnóstico mais provável é:
Com relação ao paciente com aterosclerose periférica e insuficiência arterial crônica dos MMII, considere as seguintes afirmativas: 1. As drogas que inibem a função plaquetária são utilizadas para diminuir a síndrome de reperfusão após a reconstrução arterial. 2. O tratamento clínico é preconizado preferencialmente nas fases I e II da classificação de Fontaine, na doença arterial crônica dos MMII. 3. O uso de antiplaquetários na doença arterial crônica não diminui a incidência de eventos cardiovasculares. 4. O fumo tem efeito aterogênico, vasoconstritor e trombogênico. 5. A proteção contra o frio é a medida mais eficaz para aumentar o fluxo sanguíneo no membro inferior com isquemia crônica. Assinale a alternativa correta:
A localização mais frequente de origem da epistaxe em indivíduos previamente hígidos é:
Homem de 21 anos relata história de dor abdominal em FID há 3 dias, acompanhado de vômitos e febre. Foi submetido a laparotomia exploradora com achado de abscesso localizado decorrente de apendicite aguda. Foi feito coleta de conteúdo purulento para cultura, apendicectomia e drenagem da goteira perieto-cólica direita com dreno túbulo-laminar. No terceiro pós-operatório, após realimentação oral do paciente, este apresentou distensão abdominal, acompanhada de dor em cólica e vômitos. Assinale abaixo a conduta mais adequada para este caso:
Compartilhar