Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Secundigesta na 1ª consulta de pré-natal refere dores em baixo ventre e sangramento vaginal há cerca de 3 horas. Encontra-se na 17ª semana de gestação. Ao exame normocorada, normotensa, altura fundo uterino de 16 cm; colo uterino amolecido, 70% apagado, centralizando, orifício interno pérvio 2 cm, com sangramento de moderada quantidade vermelho vivo. Qual o diagnóstico mais provável?

Assinale a alternativa que contém as neoplasias infantis mais prevalentes de acordo com os dados epidemiológicos.
Considere o tratamento medicamentoso para cessação do tabagismo em um paciente com conhecida cardiopatia isquêmica. Assinale a opção correta.
Célia tem 75 anos e, ao tropeçar no tapete de casa, cai e sofre fratura de quadril à esquerda. É levada para emergência pelo filho e recebe a indicação de tratamento cirúrgico. Célia apresenta, como comorbidades, DPOC, osteoporose e hipertensão arterial. Por questões relacionadas ao seu seguro saúde, a cirurgia ocorre 7 dias após a internação e ela tem alta no 3° dia de pós-operatório. Com 7 dias após a alta, você é chamado à casa de Célia, que se queixa de dor na perna operada. Ao exame observa-se que o membro inferior esquerdo está edemaciado até a raiz da coxa, doloroso à palpação e cianótico. Você orienta Célia e seus familiares sobre a necessidade de reinternação, pois se trata de:
Paciente, de 35 anos, sexo masculino, casado há cinco anos, há três anos tenta gestação. Traz o seguinte espermograma: Volume = 6,0 ml; pH = 8,5; viscosidade aumentada; 20 milhões de sptz/ml; motilidade A + B = 35%. A suspeita clínica é compatível com:
Compartilhar