Questões na prática

Clínica Médica

Neurologia

Segundo a classificação histopatológica baseada na OMS para os astrocitomas cerebrais, pode-se afirmar que:

A
os astrocitomas pilocíticos correspondem aos astrocitomas grau I.
B
o glioblastoma multiforme corresponde ao astrocitoma grau II.
C
os astrocitomas pilocíticos correspondem aos astrocitomas grau III.
D
o grau de anaplasia é decrescente quando progredimos de I a IV na classificação.
E
o astrocitoma anaplásico corresponde ao grau I.
Considere as seguintes situações de dissecção aguda da aorta tipo B: 1. Desobstrução de ramos viscerais, com ou sem uso de stents. 2. Fenestração endovascular na presença de isquemia grave de membro inferior. 3. Implante de stent na luz verdadeira, em dissecções não complicadas. 4. Implante de endoprótese recoberta, em paciente clinicamente instável, sem envolvimento abdominal. A terapia endovascular NÃO está justificada em consensos no(s) caso(s):
Nos quadros de colangite, não podemos considerar como sinal clássico da Pêntade de Reynolds:
Qual é o transtorno de motilidade esofágica mais comumente encontrado em nosso meio?
Na investigação de um paciente com disfagia de longa data foi realizado raio X de esôfago que mostrou megaesôfago grupo IV (pela classificação de Rezende). Nesse caso, a cirurgia que oferece piores resultados com recidiva precoce dos sintomas é:
Compartilhar