Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

Pneumologia

Dermatologia

Segundo dados do Ministério da Saúde, a prevalência de tuberculose no Brasil é de 58 casos por 100.000 habitantes, com aproximadamente 50 milhões de infectados e 6.000 óbitos ocorrendo anualmente. Com relação a essa doença, julgue o item que se segue. No Brasil, em pacientes com tuberculose pós-primária, é comum o achado radiológico de massas no interior do parênquima pulmonar, com porção central necrosada - as chamadas cavitações, frequentemente vista nos segmentos apicais posteriores dos lobos superiores ou nos segmentos superiores dos lobos inferiores.

A
CERTO
B
ERRADO
Lactente de quatro meses, previamente hígido, aleitamento materno exclusivo, pesando 5 kg, é atendido na emergência com desidratação grave. Foram feitas duas fases de expansão rápida, 1ª fase: 50 ml/kg em 1 hora e 2ª fase: 30 ml/kg em 1 hora de soro fisiológico, mas a criança não apresentou diurese. Os exames solicitados apresentaram os seguintes resultados: Na = 118 mEq/l, K = 3,5 mEq/l e Ca = 8,3 mg/dl. Assinale a alternativa que contém a conduta imediata a ser adotada.
Uma paciente procura um pronto socorro, em 8/11/08, com queixa de dor em cólica em hipogástrio e sangramento transvaginal. Na história, encontra-se DUM em 10/09/08, Gesta I, para I e aborto 0. Nega método contraceptivo. Vida sexual ativa. Sem antecedentes pessoais e familiares, informa que já tinha feito teste de gravidez há 2 dias (?-HCG 10.200 mUI/mL). Ao exame físico: colo fechado, levemente doloroso, sangramento de pequena quantidade, útero amolecido, palpa-se no toque bimanual em fundo de saco lateral esquerdo uma massa de consistência “borrachosa”, sensível no local, em torno de 2 cm. Lado direito livre. É realizada uma ultrassonografia transvaginal e apresenta laudo: Útero com miométrio homogêneo, eco endometrial espesso e complexo, volume uterino de 81 cm³, massa heterogênea 2 cm em anexo esquerdo, ovário direito de textura habitual medindo 3 cm³, fundo de saco livre. Exames laboratoriais: ?-HCG 6.800 mUI/mL, progesterona sérica 15ng/mL, hematócrito 38% hemoglobina 12g/dL, leucócitos 6.800 mm³ (sem desvio para a esquerda). Qual o seu diagnóstico e conduta?
A hanseníase ainda é um importante problema de saúde pública no país, sendo uma doença de notificação compulsória em todo território nacional, devendo todo médico estar atento a possíveis casos novos. Para a descoberta de novos casos de hanseníase são necessários os seguintes passos: I. Anamnese e exame físico cuidadosos que resultem em uma suspeição diagnóstica. II. Confirmação diagnóstica. III. Internação e isolamento do caso. IV. Exame dos contatos do caso através de investigação epidemiológica. Estão corretas as afirmações:
Uma mulher de 32 anos de idade, com SIDA e se apresenta com antecedente de três semanas de dispneia ao esforço progressiva. A paciente é indigente e não está tomando medicamentos. Observa-se taquipneia com frequência respiratória de 42/min e saturação inicial de oxigênio de 84% em ar ambiente. Radiografia de tórax mostra infiltrados reticulonodulares bilaterais. Há forte suspeita de infecção por Pneumocytis carinii (P. jiroveci). Inicia-se terapia com clindamicina e primaquina, já que a paciente apresentou previamente reação alérgica e sulfas. Vinte e quatro horas depois a paciente desenvolve insuficiência respiratória hipoxêmica, é intubada e colocada em ventilação mecânica. Qual das seguintes afirmações com respeito a sua atenção é verdadeira?
Compartilhar