Questões na prática

Pediatria

Preventiva

Pediatria Geral

Segundo o Código de Ética Médica e as legislações vigentes, é INCORRETO afirmar que:

A
Está vedado ao médico deixar de atestar atos executados no exercício profissional, quando solicitado pelo paciente, ou seu responsável legal.
B
No óbito fetal, se a gestação teve duração igual ou superior a 20 semanas, ou o feto pesou 500 gramas ou mais, ou estatura igual ou superior a 25 centímetros, deve-se emitir Declaração de Óbito (DO).
C
O médico assistente pode deixar de atestar óbito de paciente ao qual vinha prestando atendimento, mesmo que não haja indícios de morte violenta.
D
Nos serviços público e privado, as Secretarias Municipais de Saúde têm obrigação de fornecer ao médico, de forma gratuita, formulários de Declaração de Óbito (DO) em branco para uso privativo e exclusivo do profissional.
E
O ato médico de examinar e constatar o óbito poderá ser cobrado desde que se trate de paciente particular a quem o médico não vinha prestando assistência.
Paciente jovem, no 5º pós-operatório de hemicolectomia direita, apresenta febre de 39 ºC, taquipneia, taquicardia, parada de eliminação de gases e fezes, dor abdominal e distensão abdominal. A complicação pós-operatória em questão diz respeito a:
J.F.S., paciente do sexo masculino, com 40 anos de idade, casado, desempregado, residente no bairro de Nova Descoberta (Recife – PE), consome bebida alcoólica de forma abusiva. Foi diagnosticado como um caso novo de tuberculose pulmonar. Quando estava no final do 3º mês com o Esquema I (2RHZ/4RH), abandonou o tratamento e só retornou ao Serviço de Saúde após 6 meses. O médico que o atendeu deve indicar um novo esquema de tratamento para tuberculose, recomendado pelo Ministério da Saúde, que, além de rifampicina, isoniazida e pirazinamida, inclua:
São complicações da nutrição parenteral, EXCETO:
Assinale o principal defeito cardiológico congênito associado à síndrome de Down:
Compartilhar