Questões na prática

Clínica Médica

Hematologia

Nefrologia

Sete dias após submeter-se a um cateterismo cardíaco com aortografia e angioplastia coronariana, um paciente masculino de 76 anos evoluiu com insuficiência renal aguda, púrpura palpável em membros inferiores, livedo reticularis, eosinofilia e diminuição dos níveis de complemento sérico. O diagnóstico mais provável é:

A
trombose de veia renal.
B
nefrite intersticial alérgica.
C
doença ateroembólica renal.
D
nefropatia aguda por contraste.
E
síndrome de lise tumoral.
Sobre o divertículo de Meckel, é correto afirmar:
Criança portadora de doença falciforme homozigótica vem ao pronto-socorro com febre, odinofagia, hiporexia e hipoatividade. Ao exame você observa hiperemia de orofaringe, placas purulentas em amígdalas, petéquias em palato, infartamento ganglionar cervical, palidez moderada e icterícia leve. Qual a melhor conduta?
Com relação à hiperplasia prostática, assinale a alternativa INCORRETA:
Thiago, de 23 anos, vítima de atropelamento chega ao Pronto-Socorro verbalizando e queixando muita dor na perna e abdome. Está dicretamente taquipneico, com murmúrio vesicular audível em ambos os pulmões e com frequência respiratória 26 irpm. Está taquicárdico com 120 bpm de frequência cardíaca e com pressão arterial de 90x60. Após infusão de 2000ml de cristaloide não se observou uma boa resposta cardiovascular. Escala de coma de Glasgow de 15, com todos os reflexos presentes. Existe dor a mobilização do quadril e há fratura fechada de fêmur direito. Como o serviço não dispõe de ultrassonografia na sala de atendimento, opta-se por realizar um lavado peritoneal pela técnica aberta, que foi positivo para sangue. O cirurgião chefe decide então encaminhá-lo à sala cirúrgica. O achado cirúrgico foi pequena quantidade de sangue na cavidade peritoneal e grande hematoma na zona III. Qual deve ser a conduta?
Compartilhar