Questões na prática

Clínica Médica

Hepatologia

Sobre a colangite (infecção bacteriana dos ductos biliares), é correto afirmar:

A
Quase sempre está relacionada à obstrução parcial ou total das vias biliares
B
O tratamento inicial é preferencialmente endoscópico descompressivo
C
A instrumentação endoscópica ou percutânea da via biliar não é causa frequente
D
A pressão ductal em torno de 40 cm H2O protege do desenvolvimento da forma séptica da doença
E
A forma aguda supurativa ou tóxica responde por 45% dos casos e está geralmente relacionada ao comprometimento das células de Kupfer
Com relação ao hiperandrogenismo, assinale a alternativa correta.
Lucia tem 27 anos e sua mãe Vera, 55 anos. Há dois meses Vera notou durante autoexame um nódulo em mama esquerda que após investigação teve como diagnóstico carcinoma ductal infiltrante de mama. Lucia lembra que sua avó materna, Isadora também foi portadora de câncer de mama e morreu após três anos do tratamento cirúrgico. Com estas informações o Dr. Julio, mastologista responsável pelo caso, resolve investigar a possibilidade de Lúcia também desenvolver a mesma patologia fazendo pesquisa genética para identificação de mutações que possam indicar tal risco. Este estudo é realizado inicialmente em Vera e posteriormente em Lucia e em ambas o resultado foi semelhante, com a presença de mutação tipo BRCA-1. Você, ao analisar este relato, identifica que a conduta do Dr. Julio e sua respectiva justificativa foram:
Um homem branco de 60 anos relata história de artrite de joelho direito há 05 dias. Há quatro meses teve artrite em tornozelo D e 1º metatarso, sendo medicado em pronto-socorro com anti-inflamatório não hormonal, obtendo alívio completo dos sintomas. Diabético e hipertenso em uso de tiazídico. Sem queixas intestinais ou urinárias. Antecedente de urolitíase em uma ocasião. Ao exame físico, apresentava temperatura axilar de 37,8ºC, artrite de joelho, rubor local em 1º metatarso, ausência de edema nos tornozelos. Sobre o caso acima, assinale apenas a afirmativa CORRETA:
Uma paciente com 50 anos vem para resultado de mamografia de rastreamento, mas refere ter percebido um nódulo em seu autoexame de rotina há uma semana. Ela foi orientada a levar seu exame do ano anterior para comparação. Os laudos observados são: Exame atual: BIRADS II pela presença de calcificações de aspecto arredondado. Exame do ano anterior: BIRADS I. A melhor orientação após o exame clínico, no qual foi confirmada a presença de um nódulo palpável, é:
Compartilhar