Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Sobre a doença de Crohn podemos afirmar:

A
A intratabilidade clínica não constitui uma indicação para tratamento cirúrgico
B
A doença atinge a bexiga e compromete todas as camadas da parede vesical
C
A manifestação perianal sempre é acompanhada de sintomas intestinais, como a diarreia, dor abdominal em cólica e tenesmo
D
As fístulas enteroenterais podem ser diagnosticadas através de estudos contrastados do trato intestinal e são indicação absoluta de tratamento cirúrgico
E
Na ileíte aguda, o doente apresenta quadro similar ao da apendicite aguda, sendo o diagnóstico geralmente feito durante laparotomia
Uma médica do trabalho atende um funcionário de indústria metalúrgica, com queixa de diminuição da acuidade auditiva iniciada há meses. A perda auditiva é bilateral e progressiva. O funcionário tem 48 anos, trabalha na indústria há 20 anos e é portador de diabetes tipo 2. Após exames especializados, a médica chega ao diagnóstico de Perda Auditiva Induzida por Ruído (PAIR) relacionada ao trabalho. Qual esclarecimento deve ser dado ao funcionário?
Estado geral de paciente, sexo masculino, 42 anos, admitido na UTI séptico, no pós-operatório de esofagectomia, evoluia satisfatoriamente até que, há dois dias, o paciente passou a apresentar alteração do estado geral, febre e leucocitose. Qual a substância cuja dosagem sérica, ainda que de forma indireta, pode avaliar o envolvimento da interleucina 6 nesse quadro?
Homem de 67 anos consultou com seu médico de família. Ao realizar o toque retal, o médico observou uma próstata aumentada, tensa e sem sulco mediano. Posterior ultrassonografia abdominal mostrou o aumento da próstata fazendo protrusão no interior da bexiga e trabeculação vesical. Qual a hipótese diagnóstica mais provável?
Uma geronte de 87 anos com diagnóstico de Doença de Alzheimer é atendida, em domicílio, por seu médico geriatra assistente. Os familiares referem quadro clínico de sonolência diurna excessiva, intercalada com episódios de confusão mental e agitação psicomotora. Ao exame, não apresentava sinais focais, mas tinha dificuldade em focar e manter a atenção ao exame clínico. Os familiares referem que a paciente teve uma piora aguda da cognição e evoluiu em 48 horas para o quadro atual. Vem apresentando urina sanguinolenta e com odor fétido. Avaliando o diagnóstico sindrômico e as opções de diagnósticos etiológicos e condutas adequadas, assinale a alternativa CORRETA.
Compartilhar