Questões na prática

Cirurgia

Cirurgia do Aparelho Digestivo

Sobre a doença hemorroidária podemos afirmar que:

A
Chamamos de hematoma perianal quando temos um trombo hemorroidário em hemorróidas de grau III
B
A principal queixa das hemorroidas é o prurido anal
C
No tratamento clínico da hemorroida existe a piora dos sintomas se usamos medicações tópicas e supositórios
D
No tratamento clínico das hemorroidas externas o uso de dinitrato de isossorbida gel ou diltiazen gel é sempre necessário
E
As hemorroidas grau III, necessitam fazer redução após a evacuação , pois tendem a ficar exteriorizadas durante esforço físico
Tainará, 12 anos, sofreu lesão na articulação do cotovelo, após cair de um lugar cuja altura era equivalente a sua. A menina queixava-se de dor na articulação. Ao examiná-la, Dr. Emílio detectou sinovite traumática leve e limitação da mobilidade sem impotência funcional. Qual a conduta mais adequada?
Pré-escolar de 3 anos é atendido com tosse produtiva, principalmente noturna, e obstrução nasal há 15 dias. A mãe refere infecção de vias aéreas superiores no início do quadro. O diagnóstico provável é:
Paciente, sexo feminino, 25 anos de idade, com fissura anal posterior crônica, já tendo feito uso de formadores de bolo fecal, nifedipina e nitrato tópicos anais, sem melhora. Realizou manometria anorretal com acentuada hipertonia esfincteriana. A conduta CORRETA a ser tomada é:
Recém-nascido de parto vaginal, período expulsivo prolongado, apresenta Apgar de 6 e 9, peso de 3.850g, comprimento de 50 cm, PC de 41 cm, PT de 34 cm. Tem boa evolução, e a única alteração observada no exame físico completo com 12 horas de vida é uma grande bossa serossanguínea. A conduta a ser tomada para este recém-nascido é:
Compartilhar