Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

Sobre a prevenção de casos secundários de meningite meningocócica, assinale a alternativa CORRETA.

A
O paciente acometido deverá receber além de Penicilina G ou Ampicilina, Rifampicina por 48h, para erradicar a bactéria do orofaringe.
B
Os profissionais da saúde que examinaram o paciente ou tiveram contato em um mesmo ambiente deverão receber quimioprofilaxia com Rifampicina ou Ciprofloxacina.
C
Durante a internação do paciente, está indicado isolamento respiratório do tipo aerossol nas primeiras 24h de tratamento.
D
Os familiares do paciente deverão receber quimioprofilaxia com Rifampicina ou vacinação antimeningocócica, o mais brevemente possível.
Qual das afirmativas abaixo apresenta apenas doenças com padrão exantemático agudo petequial?
Mulher, 69 anos, sob terapêutica com lítio há 3 anos por transtorno bipolar grave é trazida à urgência. Sua filha relata que ultimamente já não controlava a micção noturna, exigindo fraldas, e nos últimos 3 dias tornou-se muito agitada, e agora está sonolenta e confusa. Seu exame mostra alteração leve da consciência (Glasgow 11), tremores espontâneos de mãos, desidratação moderada, pressão arterial 130 x 70 mmhg. Glicemia ao acaso de 124 mg/dl, creatinina 1,8 mg/dl, Na: 152 mEq/L, K: 3,2 mEq/L. Neste momento, o diagnóstico mais provável, entre os que seguem, é:
Criança, 6 anos, amanheceu chorando, com forte dor no quadril e na parte anterior da coxa à esquerda. Chega para o atendimento médico claudicando. Não apresenta febre ou postura antálgica, mas discreta coriza remanescente de um resfriado iniciado há 10 dias. A radiografia de quadril está normal e a ultrassonografia mostra derrame coxofemoral. VHS é de 13 mm. Neste caso, o melhor tratamento é:
Paciente masculino, 23 anos, trabalhador braçal refere dor em região inguinal direita e abaulamento até região escrotal aos esforços. Considerando a classificação de Nyhus a hérnia deste paciente seria do tipo.
Compartilhar