Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Pediatria

Obstetrícia

Neonatologia

Sobre a sífilis congênita, examine as assertivas abaixo: I- As gestantes que recebem tratamento para sífilis primária devem repetir o VDRL em 1, 3, 6, 12, 18 e 24 meses depois de terminado o tratamento, para confirmar a resposta terapêutica, ou até o teste torna-se não reagente. II- É considerado um caso de sífilis congênita todo recém-nascido (RN), cuja mãe teve sífilis não tratada ou inadequadamente tratada, independentemente da presença ou não de manifestações clínicas e/ou laboratoriais. III- O FTA-ABS IgG positivo diferencia a infecção neonatal da infecção materna, sendo imprescindível a realização desse exame em RN de mães tratadas de sífilis. Qual a alternativa correta?

A
Apenas I.
B
Apenas II.
C
Apenas III.
D
Apenas I e II.
E
Apenas II e III.
Pré-escolar de cinco anos é levado ao pediatra para atualização do cartão vacinal. A mãe informa que, aos 15 meses, o paciente apresentou quadro de distúrbio de comportamento, por 72 horas, e três crises convulsivas no quinto dia após a aplicação da vacina tríplice bacteriana. Para esse paciente, além da dose de reforço da tríplice viral deve ser aplicada também a vacina:
M.M.M., 38 anos, sexo feminino, vai ao ambulatório de clinica médica com história de humor deprimido na maior parte do dia e fadiga incapacitante há 3 meses. Relata dificuldade de concentração e insônia que acarretam importante prejuízo para as atividades diárias. Já foi tratada para depressão grave há 3 anos. Sobre depressão e o respectivo tratamento farmacológico, assinale a alternativa incorreta. (AMERICAN PSYCHIATRIC ASSOCIATION: practice guideline for the treatment of patients with major depressive disorder – revision. Am J Psychiatry 2000; 157:1-45)
Paciente de 52 anos, nascido e morador em Curitiba-PR, com história de hipertensão com controle irregular, apresenta 8 meses de evolução de dispneia aos esforços, inicialmente aos grandes esforços, evoluindo para dispneia aos médios esforços e ortopneia. Ao exame, apresenta-se com pressão arterial de 152/80 mmHg, ausculta pulmonar com bolhosos finos em bases e desvio do ictus para a esquerda. Em relação ao quadro apresentado pelo paciente, assinale a alternativa que contém apenas exames necessários à investigação inicial.
Paciente de 54 anos apresenta-se com aumento de volume abdominal, com seis meses de evolução, associado à fadiga. Há uma semana tem dor abdominal difusa. Ao exame, apresenta-se hipocorado, pipartote e macicez móvel positivos, com abdome tenso. Realizou paracentese de alívio, a qual evidenciou líquido amarelo citrino, com 540 leucócitos/mm³, 52% de polimorfonucleares, albumina de 1 g/dl, LDH de 113 U/l. Exames séricos apresentaram: albumina: 2,6 g/dl, LDH de 120 U/l. Assinale a alternativa que contém diagnóstico e conduta adequados para o caso mencionado. (RUNYON, B. A., Hepatology, 2009. v. 49, n. 6, p. 2.087-2.107)
Compartilhar