Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Reumatologia

Sobre as hemorragias digestivas baixas (HDB), assinale o item ERRADO.

A
A doença diverticular é a causa mais comum de HDB, ocorrendo em 3 a 5% dos pacientes com esta patologia. Sua causa é a ruptura de ramos intramurais do divertículo.
B
A angiodisplasia ou malformação arteriovenosa acomete o cólon direito em mais de 50% dos casos, sendo responsável por até 20% das causas de HDB.
C
Os tumores do cólon esquerdo costumam apresentar quadro de sangramento mais frequentes que os tumores do cólon direito.
D
Deve-se realizar a investigação com endoscopia baixa em pacientes portadores de doença hemorroidária com um quadro de sangramento volumoso.
E
Causas incomuns de HDB incluem patologias vasculares como poliarterite nodosa, granulomatose de Wegener e isquêmicas como colite isquêmica e isquemia mesentérica aguda.
Gestante de 28 anos, com infecção assintomática pelo HIV, virgem de terapia antirretroviral (TARV), comparece ao pré-natal na 10ª semana com contagem de linfócitos T CD4 de 300 células/mm³ e carga viral plasmática do HIV (CV) de 13.722 cópias/ml. A introdução da TARV deve ser:
Paciente sexo masculino, com 21 anos de idade, deu entrada no pronto-socorro após acidente automobilístico, apresentando pressão arterial 120 X 80 mmHg, pulso de 80 bpm. Diagnosticada fratura da bacia, uretrorragia e hematoma perineal, sem outras lesões. A uretocistografia revelou lesão completa de uretra membranosa. Qual a melhor conduta?
A maioria dos incidentalomas adrenais são:
Uma mulher de 62 anos desenvolve hemiparesia esquerda que evolui em pouco tempo para hemiplegia densa. RNM indica lesão expansiva que biópsia estereotáxica demonstra tratar-se de astrocitoma anaplásico. Assinale a opção ERRADA.
Compartilhar