Questões na prática

Cirurgia

Cirurgia Geral

Sobre as medidas preventivas para infecção em área cirúrgica, assinale o item correto.

A
A estadia pré-operatória curta, o banho antisséptico e a retirada apropriada de pelos não são medidas efetivas na prevenção de infecção.
B
A antibioticoprofilaxia deve ser realizada em todo paciente submetido à cirurgia sob anestesia geral, pois nesses casos a chance de infecção é maior.
C
Tempo cirúrgico prolongado, gravidade do paciente e uso de prótese são critérios de risco que justificam o uso de antibióticos profiláticos.
D
Não há diferença de eficácia na administração pré e transoperatória do antibiótico na profilaxia de infecções
E
O uso estendido de antibioticoprofilaxia por mais de 24 horas diminui de forma significativa a chance de infecção de ferida operatória.
Qual é o sinal mais característico de insuficiência arterial crônica?
Um paciente com Doença Arterial Obstrutiva Crônica será submetido a um by-pass aortofemoral direito. Em relação a esse procedimento, considerando a classificação das cirurgias em relação à contaminação e à profilaxia antimicrobiana recomendada, é CORRETO afirmar que trata-se de uma:
Paciente feminino, com antecedente de megabexiga ao ultrassom morfológico, nasceu de 36 semanas e 3/7, Apgar 8/9. Evoluiu com vômitos biliosos precoces e retenção urinária. Foi submetida à ultrassom de rins e vias urinárias no primeiro dia de vida, o que confirmou bexiga de grandes proporções, paredes finas, sem hidronefrose associada. Com sonda vesical de demora, houve saída de urina em grande quantidade. Os vômitos cessaram após passagem de sonda orogástrica que foi mantida aberta. Como não evacuou até 36 horas de vida, foi feito estímulo retal, sem saída de fezes. O enema opaco evidenciou microcólon. Frente a esse caso, qual é o diagnóstico MAIS provável?
Paciente de 26 anos de idade, previamente hígido, com história de cólica renal recorrente e refratária há 4 dias, sem febre e diagnóstico de cálculo de 0,7 cm localizado no ureter distal esquerdo com hidronefrose acentuada associada. Na tomografia computadorizada de abdome apresenta borramento da gordura perirrenal ipsilateral e o cálculo tem densidade de 1.200 U.H. Qual o tratamento preferencial para esse paciente?
Compartilhar