Questões na prática

Cirurgia

Cirurgia Geral

Sobre as neoplasias das glândulas salivares, é correto afirmar:

A
a maioria das neoplasias (70%) se origina na glândula submandibular.
B
os adenomas pleomórficos são responsáveis por 40% a 70% de todos tumores das glândulas salivares, mais comumente ocorrendo na glândula sublingual.
C
o linfoma não-Hodgkin é 44 vezes mais alto nas glândulas salivares nos pacientes portadores da síndrome de Sjögren.
D
os mais comuns tumores metastáticos à distância para glândulas salivares são de tumor da tireoide.
E
o melanoma e o carcinoma cutâneo da região préauricular dificilmente invadem a glândula parótida por esta apresentar uma barreira natural à invasão tumoral.
Homem de 65 anos procurou o pronto-socorro com queixa de dificuldade miccional há três anos, caracterizada por micção com jato fraco e gotejamento terminal, intervalo miccional diurno de aproximadamente uma hora e nictúria de quatro vezes por noite. Há uma semana refere aumento da frequência miccional com micções a cada 10 minutos em pequena quantidade e jato urinário reduzido. Há dois dias apresenta quadro de fraqueza e vômitos. Ao exame físico, apresenta-se afebril, eupneico, pulso = 8 bpm; PA = 150 x 100 mmHg; globo vesical palpável na altura da cicatriz umbilical e o toque retal revelou próstata aumentada com nódulo endurecido de cerca 8 mm na base do lobo lateral D. Os exames complementares revelaram ureia = 90 mg/dl; creatinina = 8,5 mg/dl; sódio = 142 mEq/L e potássio 4,8 mEq/L. A ultrassonografia mostrou bexiga de esforço com resíduo pós-miccional de 400 ml e próstata com peso aproximado de 70 g, além de uretero-hidronefrose bilateral. A melhor conduta inicial consiste em:
Em relação ao câncer de próstata, assinale a única alternativa INCORRETA:
Um paciente de 44 anos, com antecedentes de arritmia cardíaca, foi submetido a uma troca de válvula mitral durante a manhã e, na madrugada, apresenta intensa dor e incapacidade para realizar a dorsoflexão dos dedos do pé direito, além de cianose. O tratamento com analgésico e aquecimento do membro inferior foi ineficaz. O diagnóstico mais provável é:
Qual é o sinal mais característico de insuficiência arterial crônica?
Compartilhar