Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Pneumologia

Nefrologia

Hepatologia

Sobre as peritonites escolha a opção correta.

A
A peritonite bacteriana espontânea (PBE) é extremamente comum em paciente com carcinomatose peritoneal
B
Os patógenos mais comuns na PBE são os aeróbios da flora intestinal (E.coli e Klebsiella pneumoniae)
C
Em crianças com ascite nefrogênica ou de origem hepática, os agentes mais frequentemente isolados são E.coli e Klebsiella pneumoniae
D
A peritonite tuberculosa, desde 1985, vem diminuindo acentuadamente devido à melhora das condições de vida no planeta
E
Na peritonite associada à diálise peritoneal ambulatorial crônica (DPAC) o agente etiológico mais comumente isolado é a E.coli
S.N.M., 17 anos, GIPO, com feto único, vivo, com 35 semanas e 4 dias, foi internada no Hospital Universitário com pressão arterial 170 X 120 mmHg, após apresentar crise convulsiva tonicoclônica generalizada. Após realização de exames laboratoriais, observou-se plaquetas 55.000, TGO 214 UI, TGO 232 UI, DHL: 998 UI; Bilirrubina total: 7,3, Bilirrubina direta: 3,2; Bilirrubina indireta: 4,1. Na condução deste caso, a melhor alternativa é:
Na assistência ao parto pélvico, o fórcipe utilizado no desprendimento da cabeça derradeira encravada é:
Uma criança de 10 anos apresentou um quadro de febre há oito dias e posteriormente dor na articulação do joelho direito. O pediatra auscultou um sopro sistólico no foco mitral e o ecocardiograma evidenciou insuficiência mitral. A velocidade de hemossedimentação estava aumentada e as mucoproteínas foram positivas. Assinale a afirmativa que fecha sua suspeita diagnóstica:
Uma menina de 14 anos apresenta-se com febre baixa e tosse há 3 semanas. Seu exame radiológico de tórax evidencia uma pneumonia intersticial. O diagnóstico mais provável é:
Compartilhar