Questões na prática

Clínica Médica

Pneumologia

Dermatologia

Dermatologia

Sobre asma, segundo a IV Diretrizes Brasileiras para o Manejo da Asma, é correto afirmar, exceto:

A
O tratamento da asma leva em conta o grau de gravidade da doença.
B
Doses adequadas e repetidas de Beta 2 agonista de curta duração por via inalatória, a cada10 a 30 minutos na primeira hora, constitui a medida inicial de tratamento de uma crise de asma na criança.
C
Os critérios maiores que sugerem o diagnóstico de asma no lactente são: um dos pais com história de asma e diagnóstico de dermatite atópica no paciente.
D
O uso de corticoide oral está indicado no tratamento da crise de asma.
E
Na criança com asma classificada como intermitente, a medicação de escolha para o tratamento de manutenção é um corticoide inalatório.
O teste do coraçãozinho é obrigatório em todos os pacientes do SUS, tendo grande importância na triagem neonatal de cardiopatias congênitas críticas dependente de canal arterial. É CORRETO afirmar:
Com base na premissa abaixo, responda a questão a seguir. Médicos socorristas, plantonistas de prontos-socorros ou mesmo qualquer clínico podem se defrontar em algum momento com situações psiquiátricas de emergência e precisarão fazer uma avaliação mínima para conseguir dar um encaminhamento adequado para aqueles quadros que necessitem de maiores cuidados. Ainda com relação ao tema suicídio, assinale a alternativa verdadeira.
Em relação ao paciente com aterosclerose periférica e insuficiência arterial crônica dos MMII, considere as seguintes afirmativas: 1. As drogas que inibem a função plaquetária são utilizadas para diminuir a síndrome de reperfusão após a reconstrução arterial. 2. O tratamento clínico é preconizado preferencialmente nas fases I e II da classificação de Fontaine, na doença arterial crônica dos MMII. 3. O uso de antiplaquetários na doença arterial crônica não diminui a incidência de eventos cardiovasculares. 4. O fumo tem efeito aterogênico, vasoconstritor e trombogênico. 5. A proteção contra o frio é a medida mais eficaz para aumentar o fluxo sanguíneo no membro inferior com isquemia crônica. Assinale a alternativa correta.
Febre hemorrágica viral refere-se a um grupo de doenças causadas por distintas famílias de vírus. O termo em geral é utilizado para descrever uma síndrome multissistêmica grave, que se caracteriza por um dano vascular generalizado e apresenta uma evolução clínica variável, desde formas clínicas leves até formas graves, com alta mortalidade. A respeito do assunto, considere as seguintes afirmativas: 1. Vírus associados a febre hemorrágica são zoonóticos, ou seja, residem naturalmente em hospedeiro reservatório animal ou vetor artrópode, sendo viroses geograficamente restritas a áreas onde os seus hospedeiros vivem. 2. As febres hemorrágicas virais são causadas por quatro distintas famílias de vírus (arenaviridae, filoviridae, buniaviriridae e flaviviridae), que se caracterizam por serem vírus DNA e terem como reservatório natural o homem. 3. A maioria dos casos de febre hemorrágica viral relatados em todo o mundo é causada pelo vírus da dengue, sendo que a dengue hemorrágica representa a manifestação clínica mais grave dessa doença, caracterizando-se por extravasamento plasmático, trombocitopenia e diátase hemorrágica, a qual ocorre em uma pequena proporção de casos. 4. O espectro clínico da infecção por vírus da febre amarela varia de quadros assintomáticos, que ocorrem na metade dos infectados, a formas leves ou moderadas, com doença febril não específica em 30% dos casos, até as formas ictéricas graves, em cerca de 20% das infecções. O tratamento precoce com antivirais permite a resolução clínica da maioria dos casos. Assinale a alternativa correta.
Compartilhar