Questões na prática

Pediatria

Pediatria Geral

Sobre doenças exantemáticas na infância, assinalar a alternativa INCORRETA.

A
O exantema da rubéola é maculopapular rubeoliforme, generaliza-se nas primeiras 48 horas e tende a desaparecer até o 4º dia de duração da doença.
B
O exantema súbito tem etiologia viral, surge no tronco e é mais frequente após o 4º ano de vida.
C
A escarlatina tem como características palidez perioral, linha vermelha na prega do cotovelo e exantema áspero.
D
A mononucleose infecciosa, além do exantema, pode apresentar-se com adenopatias, amigdalite e hepatoesplenomegalia.
E
A imunização passiva contra a varicela está indicada para imunodeprimidos e para recém-nascidos, cuja mãe apresentou varicela até 5 dias antes do parto.
Menino de 10 anos de idade é levado ao serviço de urgência com quadro de dor progressiva, há 6 horas, no pênis. Ao exame, há aumento de volume da glande e cianose distal. Quais são o diagnóstico e a conduta corretos?
Qual dos achados clínicos abaixo NÃO é característico de fibrose cística?
Você entra em uma quarto para obter a impressão inicial de um menino de 10 anos anteriormente estável e o encontra não responsivo a nenhum estímulo e apneico. Você grita para alguém trazer o carrinho da parada, tenta palpar o pulso e como não consegue inicia a massagem cardíaca e ao chegar a enfermeira com o desfibrilador, o paciente é monitorizado e realizada ventilação usando bolsa-máscara com reservatório. O monitor indica taquicardia de complexo largo. Assim que o desfibrilador chega, você aplica um choque não sincronizado de 2J/kg. A verificação do ritmo após 2 minutos de RCP revela fibrilação ventricular. Então, você aplica um segundo choque de 4J/kg e retoma a RCP imediatamente, começando pelas compressões. Um membro da equipe já havia estabelecido acesso intraósseo, então você dá uma dose de adrenalina, 0,01 mg/kg (0,1 mL/kg com diluição 1:10.000) e a RCP é reiniciada depois de segundo choque. Na verificação de ritmo seguinte, a fibrilação ventricular persiste. Você administra um choque de 4 J/kg e reinicia a RCP. Com base no Algoritmo de Parada Cardíaca Pediátrica, qual a próxima droga e dosagem a ser administradas quando a RCP é reiniciada.
Durante uma colisão automobilística, um homem de 56 anos foi violentamente lançado contra o volante de seu caminhão. Na chegada ao pronto-socorro, ele apresentava sudorese e queixava-se de dor torácica. A pressão arterial era 60/40 mmHg, e a frequência respiratória 40 incursões por minuto. Como causa da hipotensão desse paciente, o achado que diferencia tamponamento cardíaco de pneumotórax hipertensivo é como se encontra:
Compartilhar