Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Endocrinologia

Hematologia

Sobre doenças que acometem o esôfago, assinale a correta.

A
A síndrome de Plummer-Vinson refere-se ao desenvolvimento de disfagia cervical em pacientes com anemia crônica de ferro.
B
Membranas esofágicas congênitas são lesões frequentes que se apresentam com regurgitação durante a infância.
C
Uma causa fisiológica para a queixa de disfagia cervical, globo histérico, é um diagnóstico que se deve pensar em primeiro lugar nas disfunções crico-faríngeas.
D
A acalásia é a disfunção mais comum do esôfago cervical.
E
A lesão cáustica também resulta em esfíncter esofágico inferior (EEI) hipertenso com refluxo prolongado do esôfago distal.
Adolescente, sexo feminino, com 15 anos de idade, refere perda de 15 kg nos últimos seis meses e amenorreia. Apresenta vômitos, diarreia, dor abdominal e mal estar neste período. O exame físico revela caquexia e frequência cardíaca de 40 batimentos por minuto. Apresenta potássio sérico de 3mEq/L ( 3,5 - 5,1 mEq/L), hematócrito de 30% ( 36% - 43% ) e velocidade de hemossedimentação de 3mm/hora ( até 10mm/hora). O diagnóstico mais provável para essa paciente é:
Menino, com 6 meses de idade, apresenta febre alta (39°C) há 7 dias associada à erupção cutânea em tronco, eritema e fissuras labiais. Que outras alterações fazem parte dos critérios diagnósticos de doença de Kawasaki?
Menina, com 3 anos de idade, apresenta artrite em joelho direito há 5 meses e em tornozelo esquerdo há 3 meses. Os exames laboratoriais mostram alteração das provas de atividade inflamatória (velocidade de hemossedimentação, proteína C-reativa) e fator antinúcleo positivo. Qual o comprometimento oftalmológico esperado?
Menino, com 8 meses de idade , branco. A mãe procurou o serviço de emergência referindo que a criança estava apresentando o joelho inchado. Refere que a criança tem boa saúde e não esta fazendo uso de nenhuma medicação. Antecedentes familiares: tio-avô materno faleceu devido a sangramento após um procedimento cirúrgico. Considerando a hipótese diagnóstica mais provável, qual a herança genética envolvida?
Compartilhar