Questões na prática

Psiquiatria

Sobre o delirium, que pode ocorrer em até 80% dos pacientes em ventilação mecânica, é correto afirmar:

A
As características básicas para diagnóstico do delirium são a flutuação aguda do nível de consciência e a desatenção.
B
O delirium não está associado ao aumento da mortalidade, apenas a um maior tempo de internamento na UTI.
C
O delirium manifesta-se de forma lenta, frequentemente não é reconhecido e normalmente termina tão logo a sua causa é resolvida.
D
A maioria dos pacientes manifesta um delirium hiperativo, caracterizado por agitação psicomotora.
E
O tratamento do delirium deve ser feito com drogas antipsicóticas. A associação com benzodiazepínicos está contraindicada.
Paciente, 32 de idade, G3P1A2, com queixa de irregularidade menstrual desde a menarca, caracterizada por ciclos oligo ou amenorreicos, intercalados por episódios de sangramento uterino disfuncional. Referiu aumento progressivo de peso, intensificado há 10 anos, após o parto (aproximadamente 30 Kg), associado ao aumento de pelos em face e dorso. Ao exame físico: peso = 105 Kg; altura =1,65 m; IMC = 38,6 Kg/m²; cintura = 147 cm; índice de Ferriman = 10; exame ginecológico sem alteração. Qual a hipótese mais provável para o quadro anovulatório dessa paciente?
Mulher, 45 anos de idade, informou ter antecedentes familiares de câncer mamário (mãe e tias maternas). Foi-lhe orientado realizar mamografia anualmente. Em relação ao exame de rastreamento do câncer da mama, assinale a alternativa correta:
Qual a conduta em relação a um indivíduo que nunca tomou vacinas antirrábicas anteriormente e apresenta mordedura na superfície palmar da mão direita, provocada por um gato desconhecido?
Paciente, com 48 anos de idade, G4P2A2, submetida à histerectomia subtotal, há 8 anos, por miomatose uterina com história de sinusorragia há 4 meses e há 15 dias vem apresentando sangramento vaginal persistente e dor pélvica. Ao exame, notou-se bom estado geral, descorada +/4+, tórax e abdome normais. No exame especular notou-se a presença do colo uterino, vagina normal e o orifício externo não estava individualizado pela presença de lesão irregular e sangramento. Ao toque, o corpo uterino não é palpável e o colo é doloroso à mobilização. No toque retal, a mucosa é lisa, o paramétrio esquerdo está irregular e doloroso, sendo que a irregularidade atinge a parede óssea da pelve. Existe encurtamento do paramétrio direito. Qual das alternativas indica a suspeita diagnóstica, o exame para confirmação e o tratamento?
Compartilhar