Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Endocrinologia

Infectologia

Sobre o tratamento clínico da diverticulite aguda, assinale a alternativa INCORRETA.

A
Dieta rica em fibras é recomendada.
B
Sonda nasogástrica em geral não é necessária.
C
Pacientes com diverticulite leve podem ser tratados ambulatorialmente com antibióticos orais.
D
Nas diverticulites agudas graves, os antibióticos mais empregados são as cefalosporinas ou a combinação de aminoglicosídeos com anaerobicidas.
E
Persistência de febre elevada sugere complicação, como formação de abscesso.
Um indivíduo de 85 anos, após perda recente de sua esposa, passa a apresentar perda de interesse pela leitura e insônia. Seus familiares notaram alguns lapsos de memória para fatos recentes, sem, no entanto, afetar suas atividades da vida diária, pois prefere continuar morando sozinho. Sua tomografia computadorizada de crânio revelou acentuação dos sulcos corticais com redução volumétrica do encéfalo. Qual das alternativas abaixo define a melhor conduta a ser tomada no momento?
Qual o sinal mais importante em pós-operatório de osteossíntese de tíbia e fíbula que evidencia uma síndrome compartimental?
Doença com incidência entre 1/20.000 e 1/200.000 nascidos vivos, que cursa com desenvolvimento de catarata, cirrose e retardo mental, se não diagnosticada e conduzida adequadamente nos primeiros meses de vida. As crianças acometidas por essa doença têm contraindicação absoluta do leite humano, de vaca e de cabra ou de qualquer outro leite que contenha lactose. Essa doença é:
Pensamentos recorrentes e insistentes, desagradáveis e contrários à índole do paciente, referem-se a:
Compartilhar