Questões na prática

Cirurgia

Cirurgia do Trauma

Sobre o uso de FAST (Focused Assessment Sonography in Trauma) podemos confirmar as afirmativas exceto:

A
O uso do ultrassom pode detectar a presença de hemoperitônio
B
Tem sensibilidade, especificidade e acurácia igual ao lavado peritoneal e a tomografia na detecção de líquidos intra-abdominais
C
São fatores que atrapalham o método; a obesidade, enfisema de subcutâneo e a existência de intervenções cirúrgicas prévias
D
As imagens obtidas devem ser do saco pericárdico, espaço hepatorrenal, espaço esplenorrenal e da pelve ou fundo de saco de Douglas
E
É método rápido, não invasivo, preciso e de baixo custo para o diagnóstico de pneumoperitônio
Assinale qual das seguintes alternativas não é uma indicação de colangiografia transoperatória. (COELHO, J. C. U. Aparelho digestivo: clinica e cirurgia, 1996)
Após 30 segundos de ventilação com balão e máscara e oxigênio a 100% em um RN asfíxico, notou-se que a criança permanecia em apneia, com FC = 120 bpm e rosado. Assinale a alternativa que contém a conduta mais apropriada nesse caso. (MANUAL DE REANIMAÇÃO NEONATAL SBP)
Escolar de nove anos é levado ao atendimento médico por apresentar há três semanas, dor em garganta, febre alta e prostração, tendo sido tratado apenas com antitérmicos. Há uma semana, existe um quadro de artrite de caráter migratório, acometendo tornozelos, joelhos, punhos e cotovelos. Exames laboratoriais indicam: leucocitose, VSH:50mm, ASO 1250 U todd. Nesse caso, o provável diagnóstico é:
Na avaliação inicial de um paciente politraumatizado que apresente trauma cranioencefálico maior, os fatores de maior relevância para o prognóstico são:
Compartilhar