Questões na prática

Cirurgia

Cirurgia do Trauma

Sobre trauma no sistema genitourinário, assinale a alternativa correta:

A
Na secção do pedículo renal (Grau V), geralmente não há hematúria macroscópica.
B
O mecanismo de desaceleração tem pouca relação com lesão renal no trauma.
C
O ferimento penetrante é o trauma renal mais comum, sendo seu tratamento cirúrgico.
D
O exame diagnóstico na chegada de um paciente com suspeita de lesão de uretra anterior é a urografia excretora.
E
O tratamento adequado ao paciente vítima de politraumatismo, estável hemodinamicamente, com tomografia evidenciando hemorragia perinefrética com ruptura renal sem lesão hilar é a nefrectomia.
M.F.I., 47 anos, sexo masculino, hipertenso e diabético tipo II não insulino-dependente, queixa-se de dificuldade de deambulação devido perda da sensibilidade nos membros inferiores há 3 horas. Apresenta extremidades inferiores frias bilateralmente, pulsos não palpáveis. Considerando um quadro de oclusão arterial aguda, o que torna o membro isquêmico inviável é:
Renato, 5 anos, apresenta tumoração na linha cervical média com evolução de 6 meses, móvel à deglutição, indolor, sem sinais inflamatórios e de caráter cístico à ultrassonografia. O diagnostico MAIS provável é:
Criança de 4 anos, previamente hígida, apresenta sangramento retal importante, com queda significativa de hematócrito/hemoglobina. Endoscopia alta e colonoscopia normais. Para esse caso, o diagnóstico MAIS provável é
O local mais comum de oclusão arterial aguda por êmbolo é:
Compartilhar