Questões na prática

Clínica Médica

Cardiologia

Infectologia

Neurologia

Sr. Antônio, 62 anos, com febre diária indicada há um mês e dor em primeiro pododáctilo direito. É portador de prótese metálica mitral há 15 anos e tem fibrilação atrial crônica. Faz uso de anticoagulante oral. Vinha em classe funcional II da NYHA, tendo sofrido AVE hemorrágico há 4 meses. Sinais vitais: Tax - 38°C; PA - 120/80 mmHg; FC - 100 bpm. Exame físico: bom estado geral, palidez cutânea, eupneico, exame neurológico, pulso carotídeo e pressão venosa normais. RCR 2T. Sopro holossistólico 2++/6+ em ponta; ausculta pulmonar normal, presença de eritrocianose em primeiro pododáctilo. Ecocardiograma evidencia múltiplas imagens aditivas filamentares aderidas ao anel da prótese mitral e regurgitação paraprotética grave, aumento atrial esquerdo, leve aumento do VE, com função sistólica preservada e pressão sistólica na artéria pulmonar de 58 mmHg. O procedimento adequado, além de colheita de hemoculturas é:

A
anfotericina B e gentamicina, suspender anticoagulação e considerar cirurgia de troca valvar.
B
vancomicina e gentamicina, manter anticoagulação e indicar cirurgia de troca valvar.
C
penicilina, rifampicina, manter anticoagulação e acompanhamento com ecocardiograma sequenciais.
D
ampicilina e gentamicina, suspender anticoagulação e usar vasodilatadores periféricos.
E
anfotericina B e oxacilina, manter anticoagulação e realizar cateterismo cardíaco.
Primigesta de 16 anos, com 31 semanas, apresenta-se no pronto-socorro com quadro de cefaleia, epigastralgia, escotomas e diplopia. Refere ter comparecido a uma consulta pré-natal. Ao exame, encontra-se com PA igual a 160/100 mmHg, altura uterina de 29 cm, BCF presente, dinâmica uterina ausente. A conduta deve ser:
Podemos afirmar que é correto:
No Brasil, a prevalência da sífilis congênita é de 1 caso para cada 1.000 nascidos vivos, taxa elevada segundo a OMS. Na ausência de pré-natal efetivo, a possibilidade de ocorrerem parto prematuro, morte neonatal e infecção assintomática ou mesmo sintomática é muito grande. Com base nestes dados, considere as assertivas abaixo.I - Sorologia continua sendo o método preferencial para o diagnóstico.II - O tratamento da gestante até a 30ª semana de gestação previne o desenvolvimento de sífilis congênita.III - Títulos persistentes de VDRL após 12 meses de vida sugerem necessidade de reavaliação do paciente. Quais são corretas?
Qual o patógeno da pneumonia na faixa etária de 1 a 3 meses:
Compartilhar