Questões na prática

Pediatria

Pediatria Geral

Neuropediatria

Emily tem 10 meses e vem para a USF para sua consulta mensal. Ela está no percentil 97 para peso e altura. Quanto ao desenvolvimento, ela já se senta com apoio, mas ainda não engatinha. Durante a consulta, a mãe nega outras alterações e lhe mostra que a bebê bate palminhas.

A
Orienta a mãe de Emily e a encaminha ao neuropediatra para avaliar o atraso no desenvolvimento pessoal e social que vem apresentando.
B
Orienta a mãe a vaciná-la contra Sarampo, rubéola e caxumba e contra febre amarela.
C
Orienta a mãe estimular o desenvolvimento motor de sua filha e lhe demonstra como fazê-lo.
D
Prescreve a reposição terapêutica de ferro na dose de 3 mg/Kg/dia.
E
Indica dieta com restrição calórica para Emily e a encaminha para avaliação neuropediátrica.
Criança, 3 semanas de vida, nascida a termo, de parto cesárea sem intercorrências, apresenta vômitos não biliosos há cerca de 5 dias, com aumento progressivo em frequência. Ao exame físico, encontra-se desidratada e irritada. No abdome, o peristaltismo é visível no epigastro e palpa-se uma tumoração arredondada no hemiabdome direito, abaixo do fígado. Foi submetida a exames complementares, que evidenciaram hipopotassemia e hipocloridria. Na radiografia contrastada de abdome, evidenciou-se o “sinal do bico do seio”. Em relação a esse caso, assinale a alternativa que apresenta, corretamente, a principal hipótese diagnóstica.
Apesar de a avaliação clínica detalhada ser de fundamental importância na propedêutica dos pacientes com insuficiência venosa crônica dos membros inferiores, a localização dos segmentos venosos com refluxo é conseguida preferencialmente com
João Paulo tem 3 anos, está com febre, cefaleia, diarreia, vômitos, intensa dor abdominal, principalmente em FID, sinal de Blumberg positivo; T: 38°C, FC: 124bpm, FR: 40 ipm; realizado Hemograma, que demonstrou leucocitose com bastonetose importante, e parcial de urina com resultado normal. O pediatra fez o diagnóstico inicial de Apendicite aguda. Assinale a alternativa que indica uma outra possibilidade diagnóstica que poderia confundir ou simular esse quadro:
Após passar o dia em banho de igarapé, o menor de 8 anos apresenta dor significativa com a movimentação do pavilhão auricular que está muito hiperemiado. Ele não tem febre, nem êmese, nem outros sintomas. Tem canal auditivo com bastante hiperemia mas membrana timpânica normal. O tratamento apropriado ao caso é:
Compartilhar