Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Tercigesta, 26 anos, primeira gestação com pré-eclâmpsia leve, trabalho de parto prolongado e macrossomia fetal. Na 26ª semana da gestação atual, apresentou glicemia de jejum = 98 mg/dl. Foi feito teste de sobrecarga com 75 g de glicose, que revelou glicemia de 208 mg/dl após 2 horas. Trata-se de um caso de:

A
gestante normal.
B
diabetes gestacional.
C
resultado duvidoso.
D
rastreio positivo.
Paciente, cinco meses de idade, sexo masculino, apresenta coriza e tosse evoluindo rapidamente para tosse rouca com estridor em repouso e dispneia. Atendido em serviço de emergência é transferido para internação hospitalar. Nos antecedentes, nascido de parto cesário, após pré-natal normal, cartão vacinal completo, a genitora nega passado de quadro semelhante, alimentação mista (leite maternizado, frutas e verduras). Ao exame, FC: 116 bpm, FR: 40 ipm, temperatura axilar: 36,5°C, bom estado geral, dispneia leve, sem cianose, tiragem intercostal, orofaringe com placas esbranquiçadas, ausculta cardiopulmonar com roncos e sibilos. Hemograma, Hb: 10,5 g, Htc: 33%, leucócitos: 25.000 (segmentados 22%, linfócitos 75%, eosinófilos 1%, monócitos 1%). Rx de tórax normal. Em relação a essa patologia, é incorreto afirmar:
Quanto à avaliação materna e fetal durante o trabalho de parto, é correto afirmar.
Sobre transtornos do humor, considere as afirmativas a seguir: I. A depressão bipolar clássica é caracterizada por insônia e diminuição importante do apetite. II. A depressão unipolar costuma ter início mais tardio, apresentar melhor resposta aos antidepressivos e evoluir com menos episódios do que a depressão bipolar. III. O tratamento do transtorno bipolar II deve ser abordado com cautela, pois o uso de benzodiazepínicos pode precipitar um episódio maníaco. IV. Um episódio depressivo sem tratamento dura de 6 a 13 meses, a maioria dos episódios tratados dura cerca de 3 meses. Assinale a alternativa correta.
Homem de 36 anos de idade, assintomático, procurou Centro de Referência e Treinamento para DST-AIDS por resultado de sorologia positiva para HIV, sem evidências de doença oportunista, com CD4 = 394 cél/mm³ e carga viral = 22.000 cópias/ml. O PPD foi de 3 mm e a radiografia de tórax evidenciou micronódulos e discreto espessamento pleural em ápice direito. Negou contato atual ou prévio com tuberculose. A conduta recomendada é:
Compartilhar