Questões na prática

Pediatria

Neonatologia

Tereza, 19 anos, primigesta, inicia pré-natal na 25ª semana de gestação. Faz exames: grupo sanguíneo O Rh negativo, Du negativo, Coombs indireto: 1:16. Relata febre, astenia e discreto exantema generalizado em torno da 10ª semana de gestação, que involuíram espontaneamente. Não procurou atendimento médico à época. Newton apresenta icterícia com 6 horas de vida. Bilirrubinas totais 23 mg/dL e indireta 22,3 mg/dL. Uma hora depois, realiza-se exsanguineotransfusão total através de cateterismo venoso umbilical. Este procedimento é realizado para evitar:

A
hidropsia por hipoalbuminemia resultante de proteinúria
B
esteatose e colestase tardias
C
sensibilização do recém-nato
D
anemia grave e neurotoxidade da hiperbilirrubinemia
Uma mulher de 42 anos chega ao consultório com uma ultrassonografia mostrando cálculos na vesícula biliar. Ela nega sintomas. Sobre cálculos na vesícula biliar, podem ser considerados fatores etiológicos e complicações, respectivamente:
Um homem de 45 anos desenvolve diarreia e febre uma semana após tratamento de infecção de ouvido com ampicilina. Qual a conduta adequada, visto que a retossigmoidoscopia revelou uma retite pseudomembranosa?
Escolar, 7 anos, foi internado por pneumonia extensa em uso de penicilina cristalina 100.000 U/Kg/dia via intravenosa há 2 dias. Mantém febre alta. Apresentou piora do desconforto respiratório há um dia. Radiografia de admissão com grande velamento acometendo metade inferior do hemitórax direito. Radiografia de hoje com velamento total do mesmo hemitórax. A conduta adequada é:
Criança com 2 anos e diagnóstico de meningite bacteriana. Foi iniciado antibioticoterapia empírica, baseada na faixa etária da criança até o isolamento do agente. Eutrófico, estado imunitário desconhecido. Dentre os antibióticos abaixo, qual seria a primeira escolha?
Compartilhar