Questões na prática

Clínica Médica

Pneumologia

Todas as alternativas abaixo estão relacionadas com risco de morte para os pacientes portadores de asma, exceto:

A
Uso crônico de corticoide inalatório
B
necessidade de ir ao PS mais de 3 vezes no último ano
C
baixo nível sócio-econômico
D
não adesão ao tratamento
E
internação prévia em UTI durante crise anterior de asma
Vinicius, 45 anos, é empresário e viajará para Manaus a trabalho por 6 meses. Queixa-se de rouquidão pela manhã e azia há 4 anos. Sua mãe contava que ele apresentava episódios de diarreia na infância, acompanhados de distensão abdominal, cólica e assaduras (dermatite) persistentes. Na época foram retirados de sua alimentação o leite e seus derivados, sendo permitido o uso de iogurte. Evoluiu sem sintomas até a adolescência quando abandonou a dieta. Ao exame físico está eutrófico. Foram prescritos alguns medicamentos sintomáticos e inibidor de bomba de próton (IBP), proposta a investigação diagnostica e a profilaxia de doenças do viajante Vinicius está assintomático após um mês de tratamento diário com IBP. A endoscopia digestiva mostra esôfago de Barret e a histopatologia afasta displasia. A esofagomanometria revela pressão normal do esfíncter esofagiano inferior e ausência de distúrbios motores. Com relação à quimioprofilaxia de malária deve-se:
Com relação ao atendimento de pacientes politraumatizados, é INCORRETO afirmar que:
Homem, 43 anos, alcoolista crônico foi encontrado com rebaixamento do estado de consciência e levado ao Pronto-Socorro pelo Resgate. Ainda na ambulância, recebeu 50 ml de glicose a 50% endovenoso, com melhora do quadro, persistindo alguma confusão. Como se encontrava febril, foi necessário internação para investigação melhor do quadro. No dia seguinte, o paciente agravou o estado de confusão mental, agora com nistagmo multidirecional, paralisia do VI par craniano à esquerda e ataxia cerebelar. Assinale a alternativa CORRETA:
Lactente com 8 meses é levado a unidade básica de saúde para atualização de seu cartão vacinal e fazer uma consulta. Período gestacional sem intercorrências, sorologias materna normais. Nasceu prematuro de 28 semanas e evoluiu com cianose e dificuldade respiratória. Foi intubado em sala de parto e transferido para a UTI neonatal. Feito diagnóstico de membrana hialina, recebeu surfactante e permaneceu em ventilação mecânica por um mês. Ainda recebeu diagnóstico de cardiopatia congênita e passou por correção cirúrgica aos três meses. Apresentou várias complicações infecciosas no pós-operatório, permanecendo internado até a idade de sete meses. Não recebeu nenhuma vacina durante o período de internação e nem após alta hospitalar, exceto a primeira dose de hepatite B e BCG. Ao exame físico não apresenta cicatriz vacinal. Considerando o caso apresentado, é CORRETO afirmar que:
Compartilhar