Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Cardiologia

Neuropediatria

Um bebê de 5 meses do sexo masculino é trazido ao pediatra porque a mãe sente uma vibração estranha sobre o peito do filho que parece se relacionar com o seu batimento cardíaco. A criança tem síndrome de Down. No exame, um frêmito paraesternal é sentido. Atividade precordial é acentuada e se estende sobre as áreas paraesternal e apical direitas. Uma terceira bulha proeminente é audível no ápice. A característica que melhor descreve o sopro ouvido no exame é:

A
sopro sistólico em ejeção
B
sopro holossistólico
C
sopro diastólico precoce
D
sopro telediastólico tardio
E
sopro contínuo
Um homem de 42 anos, com história de pirose retroesternal e regurgitação, fez endoscopia digestiva alta que evidenciou esofagite distal, classe B de Los Angeles. O teste da urease confirmou a presença de H. pylori. Neste paciente, a erradicação do H. pylori:
Mulher de 24 anos, gestante de aproximadamente 08 semanas, procura orientação médica, referindo dores musculares, febre e cefaléia há 24 horas. Refere que há cerca de 2 semanas teve sua casa invadida por enchente, e manteve íntimo contato com as águas. Dentre as assertivas abaixo, assinale a incorreta:
Paciente do sexo feminino, 46 anos, deu entrada no PS com história de fadiga e aumento de volume abdominal há 3 meses, evoluindo há 1 dia com desconforto respiratório. Ao exame físico, apresentava-se com PA 90 x 60 mmHg, FC: 88 bpm. Descorada +/4+ e ictérica ++/4+. Lúcida, orientada e contactuante. Flapping ausente. Apresentava eritema nas palmas das mãos e aranhas vasculares em tórax. Ausculta pulmonar demonstrava MV+ bilateral sem ruídos adventícios, e a ausculta cardíaca não apresentava alterações significativas. Abdome com ascite tensa, espaço de Traube ocupado. Edema em MMII ++/4+. Exames laboratoriais de entrada mostravam: Hb: 10,0 g/dl; Ht: 30%; VCM 92; CHCM: 32; Leucócitos: 3200 (diferencial normal); plaquetas: 45000/ml; U: 25 mg/dl; Cr: 0,7 mg/dl; Glicemia: 92 mg/dl; AST: 62 UI/l; ALT 73 UI/l; Amilase: 32 UI/l, Gama-GT: 32 UI/l, Fosfatase alcalina: 120 UI/l, Bilirrubinas totais: 4,8 mg/dl; Bilirrubina direta: 3,5 mg/dl; Bilirrubina indireta: 1,3 mg/dl; TAP: 58%; Albumina: 2,9 g/dl. Raio-x de tórax é normal. Qual a causa mais provável da anemia desta paciente?
Qual dos grupos de antibióticos abaixo é considerado de primeira escolha para o tratamento da infecção pela Bordetella pertussis?
Compartilhar