Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Cardiologia

Neuropediatria

Um bebê de 5 meses do sexo masculino é trazido ao pediatra porque a mãe sente uma vibração estranha sobre o peito do filho que parece se relacionar com o seu batimento cardíaco. A criança tem síndrome de Down. No exame, um frêmito paraesternal é sentido. Atividade precordial é acentuada e se estende sobre as áreas paraesternal e apical direitas. Uma terceira bulha proeminente é audível no ápice. A característica que melhor descreve o sopro ouvido no exame é:

A
sopro sistólico em ejeção
B
sopro holossistólico
C
sopro diastólico precoce
D
sopro telediastólico tardio
E
sopro contínuo
Um motociclista sofreu fratura exposta de fêmur. O membro está pálido e com cianose dos dedos. Não se palpa pulso distal. Conduta mais apropriada:
No diagnóstico diferencial da icterícia, é CORRETO afirmar que:
Recém-nascido a termo, Apgar 8 e 9, pequeno para idade gestacional, parto vaginal. No alojamento conjunto, apresento hipoatividade, cianose em mãos e pés, taquipneia. A glicemia era 30 mg/dl. O hematócrito central foi de 68% e havia trombocitopenia. O diagnóstico e a conduta imediata, respectivamente são:
O aparecimento de queloides está influenciado por:
Compartilhar