Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Cardiologia

Neuropediatria

Um bebê de 5 meses do sexo masculino é trazido ao pediatra porque a mãe sente uma vibração estranha sobre o peito do filho que parece se relacionar com o seu batimento cardíaco. A criança tem síndrome de Down. No exame, um frêmito paraesternal é sentido. Atividade precordial é acentuada e se estende sobre as áreas paraesternal e apical direitas. Uma terceira bulha proeminente é audível no ápice. A característica que melhor descreve o sopro ouvido no exame é:

A
sopro sistólico em ejeção
B
sopro holossistólico
C
sopro diastólico precoce
D
sopro telediastólico tardio
E
sopro contínuo
Um recém-nascido com 4 horas de vida apresenta quadro de sofrimento respiratório grave por aspiração de mecônio. Necesstou ventilação em sala de parto. O RX de tórax evidencia pneumotórax hipertensivo à direita. Os achados clínicos que se correlacionam com os achados radiológicos neste caso são:
O termo carcinoma de células renais (CCR) é usado para descrever tumo res que surgem nos rins mas que incluem, na sua definição, uma variedade de diagnósticos histológicos e entidades clínicas distintas. O CCR representa 2-3% de todas neoplasias em adultos. Atualmente, um grande número dos tumores renais são diagnosticados durante exames de imagem feitos de rotina e a maioria são menores que 7 cm e confinados ao rim, portanto, candidatos a operações poupadoras de néfrons, como a nefrectomia parcial. Assinale o item que NÃO corresponde a uma indicação de nefrectomia parcial.
Criança de 5 anos, com tuberculose ganglionar é diagnosticada como soropositiva para o HIV, e a avaliação virológica e imunológica revela CV = 200 000 cópias/ml do HIV e CD4 = 450 células/ml (duas avaliações).
Menino, 13 anos de idade, vem à consulta porque se acha baixo e pouco desenvolvido para sua idade. A história alimentar é satisfatória. Mãe mede 160 cm, pai é falecido com altura desconhecida. Ao exame: bom estado geral, hidratado, tireoide palpável, de tamanho e consistência normais, ausculta cardíaca e pulmonar normais, assim como o exame do abdome. Temperatura axilar = 36,8°C; PA = 110 X 70 mmHg; estadiamento puberal de Tanner: P1G2. Encontra-se no percentil 10 da curva de altura para idade e entre os percentis 5 e 10 da curva de peso para idade. A conduta mais adequada nesse caso é:
Compartilhar