Questões na prática

Clínica Médica

Reumatologia

Um homem branco de 60 anos relata história de artrite de joelho direito há 05 dias. Há quatro meses teve artrite em tornozelo D e 1º metatarso, sendo medicado em pronto-socorro com anti-inflamatório não hormonal, obtendo alívio completo dos sintomas. Diabético e hipertenso em uso de tiazídico. Sem queixas intestinais ou urinárias. Antecedente de urolitíase em uma ocasião. Ao exame físico, apresentava temperatura axilar de 37,8ºC, artrite de joelho, rubor local em 1º metatarso, ausência de edema nos tornozelos. Sobre o caso acima, assinale apenas a afirmativa CORRETA:

A
Artrite reumatoide é a principal hipótese diagnóstica em um caso de monoartrite aguda recorrente com acometimento de 1º metatarso em pacientes acima de 40 anos, como no caso descrito.
B
No caso descrito, é fundamental a realização de RX de mãos e pés, dosagem do fator reumatoide, dosagem de anti-CCP e ácido úrico para definir a artrite reumatoide desse paciente.
C
O quadro sugere uma artrite microcristalina ou por depósito de cristais, que classicamente ocorre em episódios agudos e em indivíduos com comorbidades metabólicas, podendo haver urolitíase prévia.
D
O uso de tiazídicos pode ter precipitado a artrite deste paciente e o nível de ácido úrico sérico é frequentemente elevado no momento da crise aguda de artrite.
E
Leucocitose pode ser encontrada nos exames complementares deste paciente, e juntamente com a febre e o rubor articular podem mimetizar uma artrite séptica, sendo mandatória uma ressonância magnética de joelho para excluir esse diagnóstico diferencial.
Mulher de 78 anos, aposentada como professora de ensino médio, portadora de doença arterial coronariana, diabetes e insuficiência renal crônica, é submetida a uma avaliação geriátrica ampla, face a crescente necessidade de ajuda para realizar atividades do dia-a-dia, como fazer compras, cuidar das finanças e da casa, por exemplo. Desde que teve uma acidente vascular cerebral há dois anos, se movimenta com a ajuda de um andador. Atualmente faz uso de aspirina, nitrato, diltiagem, forosemida, enalauril e glipizida. No Mini- Exame do Estado Mental (MEEM), apresentou escore de 23/30. Vive só desde que o marido morreu há 1 ano e conta com a ajuda da sobrinha, que tem uma loja próxima, para conseguir comprar mantimentos, pagar contas, limpar o apartamento e ir ao médico quando necessário. Qual o dado apresentado que deve ser considerado como maior fator de risco para mortalidade, independente de outros, nesse caso?
A droga mais bem indicada no tratamento da síndrome de abstinência do álcool é:
No que diz respeito à sistematização da reanimação neonatal, julgue os seguintes itens de acordo com as normas do Programa de Reanimação Neonatal da Sociedade Brasileira de Pediatria. I- Toda criança que nascer sem respirar deve ser considerada em apneia primária e receber oxigênio inalatório como medida terapêutica. II- As medidas iniciais são: prover calor e posicionar o recém-nascido em decúbito dorsal sob leve declive e estender levemente o pescoço. Depois, aspirar vias aéreas, se necessário. III- Todo recém-nascido que nascer em apneia e envolto em líquido meconial deve ser imediatamente aspirado por meio de tubo orotraqueal. IV- Considerando que uma criança, ao nascer, respire regularmente, apresente frequência cardíaca de 140 bpm e tenha cianose de extremidades nos primeiros 20 segundos de vida, o médico deverá administrar oxigênio a 100% por via inalatória até desaparecer a cianose. V- A ventilação com balão autoinflável, máscara e oxigênio a 100%, se usada adequadamente, consegue resolver menos da metade dos casos em que é necessário reanimar um neonato na sala de parto. A quantidade de itens certos é igual a:
Alguns medicamentos anti-hipertensivos em mulheres não-grávidas são mais úteis em condições específicas. Qual destas combinações está contraindicada?
Compartilhar