Questões na prática

Clínica Médica

Nefrologia

Um homem de 25 anos de idade procurou a unidade de emergência devido à importante redução da diurese. No exame físico, constatou-se pressão arterial de 110 mmHg x 70 mmHg e durante a inspiração profunda verificou-se que a pressão arterial sistólica era igual a 95 mmHg, frequência cardíaca de 98 bpm, turgência jugular a 45° (com aumento da pressão venosa central - PVC - durante a inspiração), ritmo cardíaco regular, com bulhas hipofonéticas e ruído sistólico semelhante a “ranger de couro novo” em borda external esquerda baixa, sem sopros, pulmões limpos, edemas de membros inferiores (+1/+4), com diurese de 24 horas igual a 80 ml. Resultados de exames laboratoriais: creatinina plasmática = 4,8 mg/dl, ureia plasmática = 110 mg/dl, sódio urinário = 80 mEq/L, osmolalidade urinária = 298 mOsm/kg, Fração Excretada de Sódio (FENa) = 2,3%, potássio plasmático = 5,1 mEq/L. Foi solicitada a realização de Eletrocardiograma (ECG) convencional. Considerando as informações apresentadas, julgue o item. Os achados são compatíveis com o diagnóstico de insuficiência renal aguda oligúrica do tipo pré-renal.

A
CERTO
B
ERRADO
Com relação ao diagnóstico e tratamento da apendicite aguda, pode-se afirmar, EXCETO:
Liliana, 12 anos, apresentou um quadro súbito de febre, cefaleia intensa, vômitos e rigidez de nuca. Na emergência do IJF, a pediatra solicitou exame do LCR (Líquido Céfalo-Raquidiano) e iniciou tratamento para meningite meningocócica. Qual desses achados poderia ter sido encontrado que sugerisse essa etiologia?
Nas fraturas da criança, aquela que se apresenta com traço ao longo da placa fisária e se dirige para a região metafisária é classificada, segundo salter-harris, como um tipo:
Paciente com 32 anos queixa-­se de dismenorreia progressiva e infertilidade há 5 anos. Vem com laudo de ultra­ssonografia que mostra massa anexial com ecos finos no seu interior. Qual sua suspeita clínica?
Compartilhar