Questões na prática

Clínica Médica

Cardiologia

Um homem de 25 anos de idade procurou a unidade de emergência devido à importante redução da diurese. No exame físico, constatou-se pressão arterial de 110 mmHg x 70 mmHg e durante a inspiração profunda verificou-se que a pressão arterial sistólica era igual a 95 mmHg, frequência cardíaca de 98 bpm, turgência jugular a 45° (com aumento da pressão venosa central - PVC - durante a inspiração), ritmo cardíaco regular, com bulhas hipofonéticas e ruído sistólico semelhante a “ranger de couro novo” em borda external esquerda baixa, sem sopros, pulmões limpos, edemas de membros inferiores (+1/+4), com diurese de 24 horas igual a 80 mL. Resultados de exames laboratoriais: creatinina plasmática = 4,8 mg/dl, ureia plasmática = 110 mg/dl, sódio urinário = 80 mEq/L, osmolalidade urinária = 298 mOsm/kg, fração excretada de sódio (FENa) = 2,3%, potássio plasmático = 5,1 mEq/L. Foi solicitada a realização de eletrocardiograma (ECG) convencional. Considerando as informações apresentadas, julgue o item. As evidências clínicas permitem fazer o diagnóstico de pericardite com sinais de tamponamento cardíaco.

A
CERTO
B
ERRADO
Quais são as alterações clínico/laboratoriais tipicamente encontradas em paciente com glomerulonefrite difusa aguda pós-infecciosa?
Atualmente existem várias classes de medicamentos disponíveis para o tratamento da HAS. Sobre o regimeerapêutico da HAS, é correto afirmar:
Caçula de família humilde e iletrada, que morava em distante área rural, uma lactente só foi examinada pela primeira vez ao completar quatro meses de vida. Seu parto se fizera em domicílio e, desde que nasceu, ela ficava ofegante e arroxeada ao chorar ou fazer esforço para defecar. Tinha sopro cardíaco à ausculta e o ecocardiograma foi indicativo de tetralogia de Fallot, cardiopatia congênita que encerra a presença de:
Leia as descrições a seguir: I- Maria, de 6 anos, com quadro de início gradual, apresentando febre, mal-estar e anorexia, dor de garganta, conjuntivite, coriza, tosse e rouquidão com inflamação na laringe e algumas ulcerações em palato. / II- Vitor, de 10 anos, apresentando quadro de início súbito, com calafrios, febre, cefaleia, dor de garganta intensa, orofaringe hiperemiada com exsudato e adenite cervical anterior dolorosa. / III- Claudia, de 1 ano e 6 meses de idade, apresentando irritabilidade, recusa alimentar, febre baixa, episódios de vômitos e diarreia, chorosa ao exame clínico e otoscopia com abaulamento e hiperemia da membrana timpânica. / IV- Henrique, de 8 anos recusando ir à escola e referindo "orelha entupida" e dificuldade de ouvir, sem outras queixas ou sintomas aparentes e otoscopia com membrana timpânica retraída, cor amarelada e mobilidade diminuída. Identifique a alternativa onde os diagnósticos dos casos são mais prováveis:
Compartilhar