Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Neurologia

Um homem de 42 anos, com história de pirose retroesternal e regurgitação, fez endoscopia digestiva alta que evidenciou esofagite distal, classe B de Los Angeles. O teste da urease confirmou a presença de H. pylori. Neste paciente, a erradicação do H. pylori:

A
deve ser realizada, pois, em conjunto com o tratamento clínico da doença do refluxo gastroesofágico, melhora muito os índices de remissão dos sintomas
B
deve ser realizada, pois diminui os índices de recorrência dos sintomas após a interrupção do tratamento clínico da doença do refluxo gastroesofágico
C
só deve ser realizada se houver afecção gastroduodenal que a justifique
D
não deve ser realizada
E
deve ser realizada obrigatoriamente no pré-operatório, se o paciente tiver indicação cirúrgica
Em relação aos hemangiomas vertebrais, é correto afirmar que:
Paciente do sexo feminino, 25 anos, iniciou há 6 meses com ptose palpebral direita com piora no final de tarde. Há 4 meses, dificuldade para subir escadas. Há 1 semana, durante infecção de vias aéreas superiores, evoluiu para disfagia e dispneia. Foi realizado diagnóstico de miastenia gravis. Sobre essa paciente, assinale a alternativa INCORRETA.
Paciente de 36 anos de idade apresenta fraqueza da mão esquerda. Ao exame observa-se atrofia do músculo primeiro interósseo dorsal. Isso pode indicar lesão em que raiz espinhal?
Leia o caso clínico a seguir. Um paciente de 28 anos, do sexo masculino, procurou atendimento médico devido a edema generalizado há dois meses, hipertensão arterial, história prévia de três episódios de hematúria macroscópica isolada nos últimos dois anos, sem investigação. Os exames solicitados revelaram: creatinina = 1,5 mg/dl, ureia = 52 mg/dl, dosagem de C3 normal, EAS com proteinúria +++, hemácias= 55000, pesquisa de hemácias dismórficas na urina positiva com presença de acantócitos, proteinúria = 3,9 g/24horas, hipoalbuminemia e hipercolesterolemia, sorologias positivas para vírus B, C e HIV negativas, FAN não reagente, ultrassom renal com rins de tamanho e volume normais. Foi submetido à biópsia renal percutânea.Os achados histopatológicos e o diagnóstico mais provável, nesse caso, são, respectivamente:
Compartilhar