Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Um homem de 52 anos de idade recorreu ao pronto-socorro de um hospital geral, queixando-se de intensa dor epigástrica com irradiação para região dorsal e vômitos que tiveram início cerca de 10 horas após o almoço. A avaliação clínica mostrou frequência cardíaca de 112 bpm, pressão arterial de 110 mmHg x 75 mmHg. Os exames cardiovasculares e respiratórios não apresentam alterações. O exame do abdome mostrou ruídos hidroaéreos normais, moderada dor na região epigástrica, ausência de hepatoesplenomegalia, ausência dos sinais de Cullen de Blumberg de Jobert de Giordano e de Torres Homem. A avaliação laboratorial mostrou 16.500 leucocitos/mm³, hematócrito de 48% no hemograma, amilase sérica - 1.520 unidades por litro (U/L) - valores de referência: 20-125 U/L - lipase sérica = 2.800 U/L (valores de referência: 20-125 U/L), transaminase pirúvica = 180 U/L (valores de referência: 10-40 U/L), cálcio sérico, albumina, trigliceridios, eletrólitos, ureia e creatinina dentro da normalidade. O eletrocardiograma convencional mostrou apenas taquicardia sinusal. No quadro clínico descrito no texto, a ausência de peritonite pode ser clinicamente inferida, pois não está presente o sinal de:

A
Jobert.
B
Cullen.
C
Giordano.
D
Torres Homem.
E
Blumberg.
Uma criança, do sexo masculino, pesando 3 Kg, nascida de parto normal, Apgar 9/10, exame físico normal, alimentada nas primeiras horas de vida com leite materno, sugou bem. No segundo dia de vida, foi notada equimose na nádega direita, foram observadas também diversas evacuações sanguinolentas. O teste de Apt demonstrou que o sangue não era materno e sim do recém-nascido. O tempo de protrombina e tempo parcial de tromboplastina eram acentuadamente prolongados, a contagem de plaquetas foi 250.000. Qual é o diagnóstico mais provável?
É importante que o médico tente ajudar a mudar o curso natural das Cardiopatias Congênitas (CC), identificando-as precocemente, especialmente aquelas que necessitam de tratamento de urgência. Sobre as cardiopatias congênitas, assinale a alternativa CORRETA:
Assinale a alternativa que preenche, correta e respectivamente, as lacunas do trecho abaixo. No paciente traumatizado grave, a hipótese diagnóstica de fratura da base do crânio deve ser considerada na presença de equimose periorbitária (olhos de guaxinim), _________________ e mobilidade do maxilar superior. A ocorrência de tais sinais constitui contraindicação para a realização de ________________, porque pode causar ____________________.
O teste do reflexo vermelho ou teste do olhinho deve ser realizado em todas as crianças nos primeiros dias de vida. Além da detecção de catarata congênita, esse teste também ajuda no diagnóstico precoce do retinoblastoma. Sobre o retinoblastoma, é correto afirmar que:
Compartilhar