Questões na prática

Clínica Médica

Cardiologia

Um homem de 56 anos, hipertenso de longa data, queixa-se de cansaço e palpitações há cerca de 1 mês. Está em uso diário de enalapril 20 mg, atenolol 100 mg e hidrocloritiazida 12,5mg. Ao exame clínico encontra-se eupneico, com discreta estase jugular, pulso arrítmico com 100 bpm, PA: 140x90 mmHg, sopro sistólico suave em foco mitral (+/++++), pulmões limpos, fígado não palpável e sem edemas periféricos. ECG atual revelou ritmo de fibrilação atrial sem outras alterações. Apresentava ritmo sinusal no traçado de 4 meses atrás. Realizado ecocardiograma que mostrou discreta dilatação do átrio esquerdo e função contrátil ventricular esquerda conservada (fração de ejeção de 0.55), sem segmentos discinéticos, discreto refluxo das valvas mitral e tricúspide, com pressão arterial pulmonar de 37 mmHg. O melhor procedimento neste caso é:

A
Cardioversão elétrica imediata.
B
Anticoagulação oral permanente.
C
Anticoagulação oral por 3 semanas seguidas de cardioversão.
D
Amiodarona via oral.
E
Ablação da fibrilação atrial por rádio-frequência.
Em um paciente com trauma fechado e fratura pélvica, que não apresenta diurese após a inserção do cateter, qual é o melhor método de avaliação do ferimento uretral?
Um paciente de 18 anos, do sexo masculino deu entrada no Pronto-Socorro com história de ter sofrido traumatismo craniano há 4 horas, durante uma partida de futebol (chocou-se com outro jogador). No momento do trauma, o paciente não perdeu a consciência e continuou jogando. Após 20 minutos do trauma, evoluiu com cefaleia e pediu para ser substituído. Após 45 minutos do trauma, apresentou piora da cefaleia e iniciou vômitos. Após 2h do trauma, evoluiu com sonolência e rebaixamento progressivo do nível de consciência. Na sua admissão ao hospital estava em Glasgow 7 com anisocoria à direita. Qual é o diagnóstico mais provável?
Um paciente de 54 anos, masculino, com quadro de icterícia obstrutiva e emagrecimento. Colangioressonância revela tumoração na via biliar, na confluência dos hepáticos, com invasão do ramo esquerdo da artéria hepática. A melhor conduta a ser adotada é:
Em relação às queimaduras, assinale a alternativa CORRETA.
Compartilhar