Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Hematologia

Um homem diabético insulinodependente procura seu consultório devido à anemia microcítica e hipocrômica, com saturação da transferrina e ferritina baixas. Dentre os inúmeros exames que portava, destacam-se a presença de anticorpos contra endomíseo, gliadina e peroxidase da tireoide. Dentre as citadas, a melhor conduta para definição diagnóstica seria:

A
cápsula endoscópica.
B
cintilografia da tireoide.
C
tomografia por emissão de pósitrons.
D
teste da secretina.
E
biópsia de delgado.
Marisa, 24 anos, obesa mórbida, foi submetida a cirurgia de redução gástrica por pela técnica de Fobbi-Capella. No 3° dia de pós-operatório apresentou taquicardia e desconforto abdominal e, no dia seguinte, observou-se drenagem de secreção biliosa pela ferida operatória. Este quadro sugere:
Severino de 34 anos, foi vítima de ferimento abdominal por arma de fogo no quadrante superior direito há 3 meses. Há 6 dias iniciou com melena e hoje apresentou um episódio de hematêmese, quando então procura o pronto-socorro. Ao exame constata-se uma icterícia ++/4. Qual o exame de escolha para confirmar o diagnóstico?
Sérgio, de 45 anos, com icterícia e prurido procura serviço médico e é realizado uma colangiopancreatografia retrógrada cujo achado foi de um tumor de Klatskin, tipo IIIA de Bismuth. Com relação a sua localização no hepatocolédoco, o tumor:
Paciente do sexo masculino com 25 anos de idade e diabético deu entrada no serviço de pronto atendimento com queixas de dor abdominal, febre e vômitos há 48 horas. Ao exame físico, o paciente estava desidratado. Considerando esse caso clínico, julgue o seguinte item: Caso este paciente apresente hipopotassemia, a reposição não deverá exceder a 40 mEq/hora, e o paciente deverá estar com monitorização eletrocardiográfica.
Compartilhar