Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Hematologia

Um homem diabético insulinodependente procura seu consultório devido à anemia microcítica e hipocrômica, com saturação da transferrina e ferritina baixas. Dentre os inúmeros exames que portava, destacam-se a presença de anticorpos contra endomíseo, gliadina e peroxidase da tireoide. Dentre as citadas, a melhor conduta para definição diagnóstica seria:

A
cápsula endoscópica.
B
cintilografia da tireoide.
C
tomografia por emissão de pósitrons.
D
teste da secretina.
E
biópsia de delgado.
Paciente com história de queimadura por água fervendo na região do tórax espera-se acontecer:
Na investigação de infecção congênita em um recém-nascido, a ultrassonografia transfontanelar demonstrou a presença de calcificações cerebrais periventriculares. Qual o diagnóstico mais provável?
Responda às próximas duas perguntas baseados neste caso clínico e de acordo com as IV Diretrizes Brasileiras para Manejo da Asma. A mãe de uma menina de dois anos de idade relata na consulta pediátrica de rotina que sua filha “vive gripada”. Refere que a criança apresenta quadros repetidos de coriza, obstrução nasal e espirros. Praticamente toda semana precisa utilizar nebulização com beta 2 agonista para alívio de tosse e “cansaço”. Estes quadros ocorrem há cerca de um ano e melhora rápido quando nebuliza. No momento a criança está bem, sem queixas e no exame físico o pediatra observa lesões compatíveis com dermatite atópica. A mãe é asmática, mas não faz uso de medicação profilática: o pai fuma em casa. O diagnóstico do pediatra foi asma. Quais critérios (maiores e menores) deste caso que justifiquem este diagnóstico, considerando a idade da criança?
Com respeito à asma, assinale a INCORRETA:
Compartilhar