Questões na prática

Cirurgia

Cirurgia Geral

Um jovem de 22 anos sofre um ferimento abdominal por arma de fogo. É encaminhado ao hospital onde é operado. Na cirurgia é encontrada apenas lesão no intestino delgado e a opção é por ressecá-la e fazer a anastomose primária. O paciente evolui bem até o sétimo dia pós-operatório, quando é notada saída de secreção entérica pela incisão cirúrgica. O débito é de 300 ml/dia e não há comprometimento abdominal, estando a fístula bloqueada. Qual a conduta adequada?

A
Laparotomia e ileostomia no local da lesão.
B
Somatostatina e dieta líquida.
C
Laparotomia, drenagem ampla e nutrição enteral monomérica.
D
Exploração local e drenagem ampla da fístula.
E
Nutrição parenteral total.
São características descritas na Síndrome de Down, EXCETO:
Em relação a oclusão arterial aguda das extremidades, marque a questão errada:
Paciente de 55 anos, feminino, relata para o médico da Unidade de Saúde da área de abrangência de sua residência que há mais de 02 meses tem apresentado crises de vertigem rotatória de curta duração e forte intensidade, desencadeados a partir de movimentos rápidos da cabeça. Apresenta receitas do serviço de pronto atendimento com prescrições de bloqueadores de canal de cálcio, antieméticos e ansiolíticos, com a queixa de recorrência das crises mesmo com o uso dos medicamentos. Ao realizar a manobra de Dix-Hallpike (promoção de brusco e rápido movimento de deitar da cabeça), o médico de família estabelece o diagnóstico de:
Dados disponíveis mostram que a sífilis congênita continua sendo um grande problema de saúde pública, no Brasil é de notificação obrigatória desde 1986. A sífilis congênita pode ser transmitida ao concepto em qualquer fase da gravidez. Pode ser classificada conforme a idade de apresentação clínica em precoce e tardia. Podemos afirmar que as manifestações clínicas mais frequentes encontradas na forma tardia são:
Compartilhar