Questões na prática

Cirurgia

Cirurgia Geral

Um jovem de 22 anos sofre um ferimento abdominal por arma de fogo. É encaminhado ao hospital onde é operado. Na cirurgia é encontrada apenas lesão no intestino delgado e a opção é por ressecá-la e fazer a anastomose primária. O paciente evolui bem até o sétimo dia pós-operatório, quando é notada saída de secreção entérica pela incisão cirúrgica. O débito é de 300 ml/dia e não há comprometimento abdominal, estando a fístula bloqueada. Qual a conduta adequada?

A
Laparotomia e ileostomia no local da lesão.
B
Somatostatina e dieta líquida.
C
Laparotomia, drenagem ampla e nutrição enteral monomérica.
D
Exploração local e drenagem ampla da fístula.
E
Nutrição parenteral total.
Leila, 39 anos, notou aumento da mama com endurecimento focal, calor e rubor há 4 meses. Automedicou-se com pomadas, sem melhora. Há 2 semanas surgiram febre e ulceração em mama, com saída de secreção purulenta. A mamografia revela “classificação de Bi-rads 4’’. Cybele amiga de Leila tem 45 anos e apresenta sangramento uterino anormal. Aproveita a consulta para mostrar o resultado do seu preventivo, cujo laudo foi AGUS (Atipias em Células Glandulares de Significado Indeterminado) com processo inflamatório. A conduta é fazer:
Paciente com febre, tosse e dor torácica há 5 dias apresenta RX de tórax com derrame pleural. A punção do líquido mostrou um empiema. As características com relação a presença de leucócitos, predomínio de células, glicose e pH são, respectivamente:
Assinale a alternativa INCORRETA quanto à diarreia na infância.
O diagnóstico de transtorno de personalidade baseia-se, fundamentalmente:
Compartilhar