Questões na prática

Pediatria

Pediatria Geral

Neonatologia

Um lactente de 4 meses, do sexo masculino, é levado à consulta de puericultura. Explorando os dados de história, verifica-se que a criança é o quarto filho do casal, que o mesmo nasceu de 34 semanas com peso de nascimento de 1 900 g e que é alimentado com leite de vaca. Os pais são fumantes e o bebê é freqüentemente colocado para dormir na posição prona. Diante deste histórico o pediatra preocupa-se com o potencial para síndrome da morte súbita do lactente, pois todas as características apuradas são fatores de risco, EXCETO:

A
prematuridade e baixo peso ao nascer.
B
pais fumantes.
C
dormir em posição prona.
D
ter vários irmãos.
E
alimentação com leite de vaca.
Paciente G3P2A0 (2 partos vaginais), 38 semanas de gestação, é admitida na sala de parto com diagnóstico de descolamento prematuro de placenta. Ao exame: PA 90 x 50 mmHg, pulso 98 bpm e FR 18 mrp.Toque: colo dilatado 5 cm, bolsa íntegra, +1 de De Lee, cefálico em “ODP”, BCF 102 bpm. A melhor conduta materno-fetal para resolução da gestação é:
Cistos de Naboth são encontrados em paciente que previamente apresentou:
Primigesta com 32 semanas de idade gestacional foi internada com pressão arterial de 160/110 mmHg (após 30 minutos de repouso) e sintomas de cefaleia e escotomas. Trouxe exame de proteinúria de 3 g em 24 horas. À cardiotocografia, o feto mostrou-se reativo. Foi realizada amniocentese, a qual revelou teste de Clements positivo. Qual a conduta mais adequada?
Com relação a etiologia das fístulas gênito-urinárias, o uso de fórcipe, colporrafias anteriores e irradiação pélvica, são causas de:
Compartilhar