Questões na prática

Pediatria

Pediatria Geral

Um lactente de 4 meses de idade apresenta há 3 dias tosse produtiva, coriza, desconforto respiratório e febre. Ao exame físico constatam-se: taquidispneia, tiragens torácicas moderadas, sibilos e estertores grossos bilaterais, sem melhora significativa após uso de nebulização com broncodilatador. Ao RX de tórax evidencia-se hiperinsuflação pulmonar difusa bilateral, com áreas de hipotransparências em 1/3 superior direito e 1/3 inferior esquerdo. Qual é o diagnóstico provável?

A
Bronquiolite Viral Aguda.
B
Aspiração de corpo estranho.
C
Pneumonia Bacteriana.
D
Traqueobronquite.
E
Asma.
Você prescreveu fenitoína para uma criança com epilepsia. Dentre os efeitos colaterais, qual o mais frequente?
NÃO constitui fator de risco associado a nefrolitíase idiopática, responsável pela maioria dos cálculos sintomáticos:
Mulher, 30 anos, foi admitida com quadro de dispneia aos esforços progressivos há cerca de 10 meses, com piora acentuada na última semana, apresentando dispneia aos esforços habituais associada a queixas de palpitações persistentes acompanhadas de ortopneia, edema de membros inferiores e aumento do volume abdominal. Seu exame físico revela FC 140 bpm, ritmo cardíaco irregular, PA 126x76 mmHg. Ausculta cardíaca: B1 hiperfonética com a presença de ruflar diastólico de baixa frequência após estalido de abertura próximo à segunda bulha em foco de ápice cardíaco. Ausculta pulmonar normal. Pergunta-se: Qual a provável causa da descompensação clínica ocorrida na última semana?
São considerados distúrbios reativos de conduta na infância:
Compartilhar