Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Nefrologia

Pediatria Geral

Reumatologia

Um menino de 6 anos é admitido na enfermaria pediátrica com quadro de febre baixa e inchaço nos joelhos e tornozelos há 4 dias. Há 1 dia, apresenta dor abdominal em cólica e sangue nas fezes. Os tornozelos e pés estão moderadamente edemaciados e dolorosos. Apresenta ainda lesões purpúricas palpáveis ao redor dos tornozelos e na superfície extensora das pernas. A pressão arterial é normal. O hemograma revela anemia moderada, leucocitose e contagem normal de plaquetas. Também é encontrada hematúria. O principal diagnóstico é:

A
Poliarterite nodosa.
B
Púrpura de Henoch-Schönlein.
C
Meningococcemia.
D
Febre reumática.
E
Doença de Kawasaki.
Uma mulher de 30 anos é submetida a uma laparotomia exploradora de uma possível apendicite aguda. No procediemento cirurgico, é descoberto um divertículo cecal roto. Processo inflamatório local, embora não haja uma peritonite difusa manifesta. O tratamento de preferência é:
Em relação ao testículo criptorquídico, considere as assertivas abaixo. I - quando associado a hérnia inguinal clínica, deve-se indicar cirugia para correção concomitante da hérnia e da criptorquidia no momento do diagnóstico, independentemente da idade. II - A incidência de criptorquídia aumentou nos últimos anos, tendo sido a contaminação ambiental com exposição materna a componentes estrogênicos implicada como um dos fatores de risco. III - Durante os períodos pré-escolar e escolar o reflexo cremastérico é mais pronunciado e há aumento da ocorrência de testículos retráteis devido aos baixos níveis de andrógenos. Quais são corretas?
"É essencial que o tratamento médico inicial faça uma completa avaliação e dê início aos procedimentos de emergência, incluindo imobilizações e tratamento dos ferimentos". Sobre o tratamento das lesões musculoesqueléticas, é CORRETO afirmar que:
Paciente interna na UTI com diagnóstico de hipertensão arterial de difícil controle. A necessidade de infusão de nitroprussiato de sódio leva o plantonista a inserir um cateter em veia subclávia direita por punção com a técnica de Seldinger. Após 10 minutos o paciente encontra-se em franca insuficiência respiratória com queda da saturação de O2 na oximetria de pulso, hipotensão arterial, taquicardia. A hipótese diagnóstica mais provável e o tratamento são:
Compartilhar