Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Infectologia

Neurologia

Dermatologia

Pediatria Geral

Um menino de seis anos apresenta há cinco dias numerosas crostas melicéricas na região perinasal e perioral. Observa-se ao exame, além das lesões, a presença de linfonodomegalia na região cervical. Com base nesses dados, considere as seguintes afirmativas: 1. O agente etiológico é o S. aureus ou o estreptococo beta-hemolítico do grupo A; 2. Para o tratamento, é importante orientar a limpeza com sabonete antisséptico; 3. O agente etiológico é o herpes-vírus tipo I ou ainda o vírus Varicela-Zóster; 4. Para o tratamento, é importante remover crostas e utilizar aciclovir via oral. Assinale a alternativa correta.

A
Somente a afirmativa 1 é verdadeira
B
Somente as afirmativas 1 e 2 são verdadeiras
C
Somente as afirmativas 2 e 3 são verdadeiras
D
Somente as afirmativas 3 e 4 são verdadeiras
E
As afirmativas 1, 2 e 4 são verdadeiras
Que condição sistêmica NÃO está associada ao risco aumentado de formação de cálculos renais.
Na faixa etária pediátrica, qual das seguintes doenças tem diagnóstico clínico e indicação de tratamento cirúrgico mais evidentes, sem necessidade de exames complementares pré-operatórios na maioria dos casos?
Lactente de seis meses, portador de tetralogia de Fallot, apresenta, pela manhã, logo após despertar, quadro de agitação, choro inconsolável, hiperpneia e cianose intensa e progressiva, evoluindo para síncope. Durante estas “crises”, a conduta terapêutica tem como principal objetivo:
Pré-escolar de quatro anos apresenta dor de ouvido unilateral ao tirar a camiseta para se preparar para o banho noturno. A mãe, aflita, não sabe se coloca gotas para dor de ouvido ou se dá analgésicos. O pré-escolar não apresenta elevação de temperatura (tax 36,8°C), alimentou- se bem e brincou muito durante o dia, tendo ficado na piscina por três horas. A principal hipótese diagnóstica é:
Compartilhar