Questões na prática

Pediatria

Neonatologia

Um neonato masculino de 4,350g não apresentou qualquer problema na sala de parto-apresentou Apgar de 7 no 1º minuto e de 9 no 5º minuto. Tem estatura de 48 cm, PC de 33 cm e nenhuma evidência de anormalidade física. A avaliação da idade gestacional pela data da última menstruação (DUM) e pelo exame neurológico indica que nasceu com 38 semanas. A mãe refere bolsa rota 24 horas antes do parto. Com 4 horas de nascido, apresentou cianose e tremores, generalizados. A causa mais provável é:

A
Hipoglicemia.
B
Septicemia.
C
Hipocalcemia.
D
Episódio apneico.
E
Crise convulsiva por meningite.
Mulher 53 anos, branca, em consulta com proctologista, refere ser portadora de nefrolitíase e que em exame tomográfico recente foram constatados divertículos cólicos. Nega alterações intestinais e dor abdominal. Nega história familiar para câncer colorretal (CCR). Diante desse caso, assinale a alternativa correta:
A síndrome da apnéia-hipopnéia do sono obstrutiva (SAHSO) é caracterizada por episódios recorrentes de obstrução parcial ou total das vias aéreas superiores durante o sono, o que resulta em dessaturação da oxihemoglobina e despertares. Entre os fatores anatômicos e variáveis abaixo citados, qual tem MAIOR valor preditivo para essa síndrome? Referências: UNIFESP-EPM - Guias de medicina ambulatorial e hospitalar - Pneumologia. Editora Manole 2006. Síndrome da apnéia-hipopnéia do sono obstrutiva (SAHS0), páginas 629-638. COELHO J. Manual de clínica cirúrgica - cirurgia geral e especialidades. Editora Atheneu 2009.
Recém-nascido pré-termo, idade gestacional de 30 semanas, nascido de parto cesáreo por descolamento prematuro de placenta, peso de nascimento = 1385g, Apgar 09/10, é encaminhado para Uti Neonatal por baixo peso e melhor monitorização. Iniciado dieta trófica por gavagem (enteral mínima). No segundo dia de vida apresentou distensão abdominal, vômitos, ruídos hidro-aéreos ausentes, fezes com sangue. Considerando os antecedentes obstétricos e neonatais, a hipótese diagnóstica MAIS PROVÁVEL é: Referência: MURAHOVICH, J. Temas de Pediatria
Anália, 58 anos, internada com febre, náusea e dor abdominal de forte intensidade em hipocôndrio direito com irradiação para o dorso há 36 horas, com piora nas últimas 12. Exame físico: FC 92 bpm, FR 23 irpm, Tax 39°C, dor abdominal intensa à palpação do hipocôndrio direito. Exames laboratoriais: leucograma: 19.000/mm³ (eosinófilos 0%, bastões 10%, segmentados 78%), bilirrubina total 1,2 mg/dl, direta 0,7 mg/gL, indireta 0,5 mg/dl; EAS normal. Anália está na pós-menopausa em terapia hormonal (TH) combinada há 3 anos. Três meses após a alta, queixa-se de incontinência por urgência, nictúria e polaciúria, com prejuízo da sua qualidade de vida. O exame, indicado para confirmar a suspeita diagnóstica é:
Compartilhar