Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Um paciente com 82 anos de idade, masculino, em bom estado geral, vem ao serviço de emergência com quadro de sangramento retal. O exame proctológico mostra massa de 2 cm de diâmetro na parede posterior do reto, 2 cm acima da linha pectínea. A massa é exofítica e móvel sobre os tecidos subjacentes. A biópsia revela adenocarcinoma bem diferenciado. A ultrassonografia mostra tratar-se de lesão tipo T1. Qual é o tratamento recomendado?

A
Ressecção abdomino-perineal do reto.
B
Ressecção local da lesão, transanal.
C
Ressecção anterior com anastomose colo-anal.
D
Rádio e quimioterapia neo-adjuvantes.
E
Radioterapia seguida de ressecção transanal.
Paciente G3P2A0 (2 partos vaginais), 38 semanas de gestação, é admitida na sala de parto com diagnóstico de descolamento prematuro de placenta. Ao exame: PA 90 x 50 mmHg, pulso 98 bpm e FR 18 mrp.Toque: colo dilatado 5 cm, bolsa íntegra, +1 de De Lee, cefálico em “ODP”, BCF 102 bpm. A melhor conduta materno-fetal para resolução da gestação é:
Em uma situação em que não há disponibilidade de ultrassonografia, uma mulher apresentou- se ao Médico de Família e Comunidade com dor pélvica, mas sem sinais de irritação peritoneal. Qual dos grupos de achados abaixo apoiaria integralmente o diagnóstico de doença inflamatória pélvica aguda?
Criança de 01 ano de idade chega ao Posto de Saúde para receber a vacina tríplice viral (S&C). Conforme calendário de vacinação recomendado pelo Ministério da Saúde (Brasil), espera-se que tenha recebido anteriormente as seguintes vacinas:
Um adulto jovem com Hb = 10,9 g/dl, VCM = 75 fl, HbA1 = 91%, HbA2 = 5% e HbF = 4% deve receber:
Compartilhar