Questões na prática

Clínica Médica

Hematologia

Um paciente com anemia normovolêmica, sem risco cardíaco significativo e sem perda sanguínea antecipada, pode ser operado com hemoglobina de:

A
4 a 5 g/dL
B
6 a 7 g/dL
C
9 a 10 g/dL
D
10 a 12 g/dL
E
Acima de 12 g/dL
Em relação à eficácia dos medicamentos antidepressivos, pode-se dizer que os:
Recém-nascido a termo, pequeno para idade gestacional, baixo peso, nasceu de parto cesárea, com apgar 5 e 8, peso de 1600 g, HTº 65%, PCR negativo. Evoluiu com desconforto respiratório leve, porém persistente, com crises de cianose, hipoglicemia persistente e icterícia precoce, além de irregularidade na absorção das dietas. A hipótese diagnóstica para esse recém-nascido é:
Paciente do sexo masculino, 38 anos, pedreiro, casado, natural e procedente de Natal, é admitido em pronto-socorro queixando-se de dor abdominal difusa e febre alta, que se seguiu a sonolência. O acompanhante revela que o quadro se instalou nas últimas 48 horas e que o paciente é portador de cirrose hepática de etiologia alcoólica. Ao examiná-lo, o médico evidencia sonolência, miose, taquisfigmia, temperatura de 38 graus centígrados, torpor. Não há sinais de irritação meningo-radicular. A ausculta cardiopulmonar não acrescenta novos dados. O exame abdominal revela ascite tensa. A intervenção terapêutica correta para esse caso é:
Na avaliação pré-operatória de um paciente com IRC terminal atendido para realizar transplante renal, há contra-indicação para o transplante quando ocorre:
Compartilhar