Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Infectologia

Hematologia

Dermatologia

Um paciente de 12 anos foi submetido a transplante alogênico de células-tronco hematopoiéticas, para tratamento de anemia aplástica severa, tendo recebido fluconazol e ganciclovir profilaticamente antes do transplante. No D14, ainda neutropênico, apresentou quadro de tosse, febre e dor torácica. Uma tomografia de tórax mostrou opacidades nodulares em pulmão direito, sem área de atenuação em vidro fosco ao redor. Medicado com antibióticos de amplo espectro, não defervesceu, e no D17 surgiram lesões cutâneas em braço e dorso, de aspecto nodular e ulceronecrótico. As hemoculturas coletadas nas últimas 72 horas revelavam o crescimento de um microrganismo ainda em identificação. Baseado no relato acima, que agente oportunista será identificado?

A
Candida albicans.
B
Aspergillus sp.
C
Pneumocystis jiroveci.
D
Fusarium sp.
E
Citomegalovírus.
Na consulta de puericultura, a criança com perda de marcos do desenvolvimento previamente adquiridos indica investigação para:
A hérnia da parede abdominal cujo conteúdo é um divertículo de Meckel é a hérnia de:
Paciente de seis anos, do sexo masculino, com história clínica de claudicação e dor na face interna da coxa e joelho direito, além de claudicação à custa do mesmo membro. No exame clínico do quadril direito, apresenta abdução de 25 graus e rotação interna de 10 graus. O diagnóstico mais provável deste paciente é:
A punção lombar para análise do liquor é recomendada pela Academia Americana de Pediatria com alto nível de evidência clínica (1A) a:
Compartilhar