Questões na prática

Cirurgia

Cirurgia do Trauma

Um paciente de 18 anos, do sexo masculino deu entrada no Pronto-Socorro com história de ter sofrido traumatismo craniano há 4 horas, durante uma partida de futebol (chocou-se com outro jogador). No momento do trauma, o paciente não perdeu a consciência e continuou jogando. Após 20 minutos do trauma, evoluiu com cefaleia e pediu para ser substituído. Após 45 minutos do trauma, apresentou piora da cefaleia e iniciou vômitos. Após 2h do trauma, evoluiu com sonolência e rebaixamento progressivo do nível de consciência. Na sua admissão ao hospital estava em Glasgow 7 com anisocoria à direita. Qual é o diagnóstico mais provável?

A
Lesão axonal difusa
B
Hematoma extradural agudo
C
Hematoma subdural agudo
D
Contusão cerebral
Um lactente de 1 ano e 6 meses chega ao pronto-socorro com quadro de arritmia cardíaca. O médico da emergência decide aplicar uma bolsa de gelo sobre a face do bebê tentando induzir uma manobra vagal. A arritmia que este paciente provavelmente apresenta:
Dos fios cirúrgicos absorvíveis, o que apresenta o maior tempo de força tênsil e de absorção é:
Paciente G4P1A3 (3 abortamentos espontâneos entre 6-8 semanas seguidos de parto vaginal de feto morto com 28 semanas por DPPNI) chega ao consultório para consulta pré-natal com diagnóstico de síndrome do anticorpo antifosfolípide. Qual a melhor conduta no caso?
Os recém-nascidos adequados para idade gestacional (AIG) que apresentam hipoglicemia, icterícia prolongada com hiperbilirrubinemia direta devido à colestase e à hepatite de células gigantes e que no exame físico têm micropênis, criptorquidia e hipoplasia da bolsa escrotal têm como diagnóstico inicial:
Compartilhar