Questões na prática

Clínica Médica

Neurologia

Um paciente de 29 anos com retardo mental desde a infância apresenta quadro progressivo de declínio da memória. Exames complementares não evidenciam causas reversíveis de demência. Considerando o diagnóstico prévio de síndrome de Down, qual o provável diagnóstico?

A
Doença de Tay-Sachs.
B
Doença de Pick.
C
Doença de Alzheimer.
D
Doença de Parkinson.
E
Degeneração lobar frontotemporal.
Homem, 66 anos, com cirrose alcoólica. Encontra-se confuso nos últimos 3 dias. O exame do líquido ascístico revelou: leucócitos 200/mm3, com 80% de polimorfonucleares, e na cultura isolou-se Escherichia coli. As alterações observadas no líquido ascítico SUGEREM:
Paciente portador de DPOC é avaliado em pronto-atendimento com quadro de exacerbação. Qual das alterações observadas em seu exame indica NECESSIDADE DE INTERNAÇÃO? Referência: GOLDMAN, L.; AUSIELLO, D. Cecil - Tratado de Medicina Interna - 21ª Edição
Paciente de 23 anos, do sexo feminino, com diagnóstico de lupus eritematoso sistêmico há dois anos, apresenta exame de urina com +++ proteína, 50.000 hemácias, 30.000 leucócitos, proteinúria nas 24 horas de 5,0g; albumina sérica de 2,6mg/dL; colesterol total de 270mg/dL; creatinina sérica de 0,8mg/dL (filtração glomerular de 95mL/min). O DIAGNÓSTICO HISTOLÓGICO MAIS PROVÁVEL é glomerulonefrite: Referência: GOLDMAN, L.; AUSIELLO, D. Cecil - Tratado de Medicina Interna - 21ª Edição.
Lactente de oito meses inicia com febre (T=38, 5ºC) há um dia, olhos vermelhos e lacrimejamento. Ao exame apresenta hiperemia de tonsilas palatinas com vesículas em pilares anteriores e ulceração em amígdala direita. O diagnóstico etiológico MAIS PROVÁVEL: Referência: Tratado de Pediatria - Sociedade Brasileira de Pediatria - 2007.
Compartilhar