Questões na prática

Clínica Médica

Preventiva

Infectologia

Pneumologia

Dermatologia

Em relação à prova tuberculínica cutânea (PPD) é correto afirmar:

A
O não reator é individuo não infectado pelo M.tuberculosis ou individuo infectado em fase de viragem tuberculínica.
B
A classificação em não reator, reator fraco e reator forte só é valida para indivíduos com teste anti-HIV negativo.
C
Cerca de 70 a 80% dos portadores de tuberculose pulmonar em atividade apresentam PPD com mais de 10 mm de enduração.
D
A prova tuberculínica deve ser interpretada de forma especial nas pessoas vacinadas com BCG há menos de 2 ou 3 anos.
E
Todas as alternativas são verdadeiras.
Paciente gestante na 7 semana procura atendimento médico onde é observada extensa lesão vulvar compatível com condiloma plano. O tratamento mais indicado nesse caso é:
As técnicas de reprodução assistida estão cada vez mais sendo utilizadas em nosso país, com bastante sucesso em casos selecionados. Em relação à legislação brasileira sobre as técnicas de reprodução assistida, é correto afirmar que:
Paciente, 28 anos de idade, sexo masculino, apresenta-se há 72 horas com febre de até 39°C, cefaleia e dor de garganta. Notou vermelhidão na pele há 24 horas. Ao exame físico, apresenta enantema oral predominante em língua e tonsilas, com hipertrofia de papilas, além de exantema eritematodescamativo acometendo face e tronco e poupando palma das mãos e sola dos pés. O exantema facial poupa região perioral e apresenta-se mais intenso em dobras, onde conflui nas linhas de flexão. O hemograma mostrou 15 mil leucócitos/mm³ com 75% de polimorfonucleares, 160 mil plaquetas/mm³ e Hb: 16 g/dl. Entre os cuidados a serem tomados com a esposa desse paciente para evitar a transmissão, a melhor conduta é:
Paciente, 7 anos de idade, procedente da zona rural, é internado com quadro de dor abdominal há 3 dias em cólica de média intensidade, anorexia, tosse e febre diária de baixa intensidade. Ao exame, REG é nutricional, palidez cutaneomucosa. Abdome volumoso, SM visceromegalias, doloroso à palpação. Hemograma com 9400 leucócitos, 58% segm., 1% bast., 10% eosinófilo, anemia microcítica e hipocrômica moderada (Hb: 7,0; Ht: 26%), ausência de células anormais. RX de tórax com infiltrado inflamatório intersticial. Para o diagnóstico, deve-se solicitar:
Compartilhar